Sociedade

UNIVERSIDADE

Comunidade da USP é ameaçada por defensor de integralista: ’Eu já estou contando as balas’

segunda-feira 4 de dezembro| Edição do dia

Após fascistas serem expulsos de evento por mobilização de estudantes na USP onde Victor Emanuel Vilela Barbuy, presidente da Frente Integralista Brasileira, foi expulso por mais de cem estudantes da USP de um evento acadêmico onde iria palestrar, várias ameaças vem sendo feita contra estudantes e trabalhadores da USP, assim como também contra o editor do Esquerda Diário como podem ver aqui.

Hoje, segunda-feira, mais ameaças vieram por email (veja abaixo) destinado à sessão de alunos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP encaminhadas por Murilo Ianeli Chaves que saiu em defesa do Integralista expulso de evento na semana passada e que diz pertencer ao Estado Islâmico, dizendo que "eu já estou contando as balas", "vou entrar atirando para matar o maior número de viados, travestis, esquerdistas e feministas que aparecerem na minha frente", "vou jogar ácido sulfúrico na cara da gorda que trabalha ai", entre outras ameaças contra estudantes e trabalhadores.

Victor Emanuel Vilela Barbuy que foi expulso na semana passada de atividade na FFLCH é presidente da Frente Integralista Brasileira como podem ver neste artigo.

O Esquerda Diário se soma ao repúdio dos membros desse movimento de inspiração fascista contra suas ideias de intolerância e discriminação. O teor das mensagens, reacionárias e lgbtfóbicas, com ameaças de agressão física, mostra bem que tipo de gente apoia os integralistas e faz parte de seu círculo. Nós temos orgulho de fazer parte da resistência a que esse tipo de ideologia seja propagado na universidade ou em qualquer parte, e não nos calaremos ou intimidaremos diante de qualquer ameaça.

VEJA TAMBÉM Monarquistas defendem integralistas e ameaçam estudantes da USP que os expulsaram




Tópicos relacionados

fascismo   /    Sociedade   /    USP   /    Política   /    Juventude

Comentários

Comentar