Internacional

MÉXICO - ASSEMBLÉIA INTERUNIVERSITÁRIA

Comunicado Interuniversitário denúncia tentativa de assassinato da porta-voz de Naucalpan

Declaração oficial da Assembleia Interuniversitária que se reuniu no sábado, 13 de outubro.

segunda-feira 15 de outubro| Edição do dia

No comunicado assinado pelos porta-vozes da Assembleia Interuniversitária, o Reitor, o Governo Federal, o Governo da Cidade do México e o Governo do Estado do México são responsabilizados por qualquer outra agressão enfrentada pelos membros do movimento estudantil que há mais de um mês denunciam a repressão e o ataque sistemático da Reitoria por meio de grupos extremistas.

Segue a baixo a declaração:

COMUNICADO URGENTE

À sociedade em geral, à comunidade universitária e às autoridades correspondentes:

No sábado, 13 de outubro de 2018, por volta das 19 horas, a comissária da CCH NAUCALPAN para a assembleia interuniversitária foi interceptada por um carro do qual um grupo de indivíduos desceu e espancou, esfaqueou e ameaçou com violência a outros membros do movimento estudantil sob a ameaça: "vamos para o que segue". Nossa companheira do CCH Naucalpan está hospitalizada e seriamente ferida.

Cabe destacar que a companheira tinha a tarefa de narrar os fatos ocorridos em 10 de outubro deste ano que aconteceram neste campus, onde um grupo de estudantes foram fortemente reprimidos pela direção universitária, com a cumplicidade do conselheiro universitário Arturo Robes.

Denunciamos que o ataque e a tentativa de homicídio contra nossa companheira, assim como a repressão exercida contra alunos do CCH Naucalpan, são parte de uma violência sistemática que as autoridades universitárias e o Estado exercem com a finalidade de reprimir a luta estudantil.

Responsabilizamos a Reitoria, o Governo Federal, o Governo da Cidade do México e o Governo do Estado do México por qualquer nova agressão que sofra qualquer outro integrante do movimento estudantil.

Responsabilizamos a Benjamín Barajas Sánchez, diretor geral da CCH, e a Keshava Rolando Quintanar Cano, diretor da CCH Naucalpan, assim como às pessoas do administrativo por tais ataques; desde que a repressão contra os estudantes organizados chegou a um ponto crítico em que as autoridades são os que perpetram assumindo as atitudes de violência que lutamos para erradicar.

Assumimos nosso compromisso com a luta estudantil e portanto apoiaremos nossa companheira e seus familiares nas ações que decidam empreender. Reafirmamos que NÃO TOLERAMOS nenhum tipo de assédio e repressão contra qualquer membro da comunidade universitária.

Chamamos a toda a comunidade estudantil a se organizar em repúdio à repressão e a estar atenta às próximas ações que esta assembleia convocará.

Nenhuma agressão contra a comunidade universitária permanecerá impune!

Assembleia Interuniversitária




Tópicos relacionados

México   /    Movimento Estudantil   /    Internacional

Comentários

Comentar