×

Comitê da UFABC em apoio à greve da GM | Comitê da UFABC se solidariza com trabalhadores da GM

Nesta quarta-feira (13), os estudantes da UFABC junto ao Sintufabc (Sindicato dos Trabalhadores da UFABC) estiveram na assembleia da GM em São Caetano do Sul que votou pela continuidade da greve. Como parte das primeiras iniciativas do Comitê da UFABC em apoio a greve da GM, além da campanha de fotos que está sendo impulsionada entre estudantes, professores e trabalhadores, os estudantes panfletaram uma carta de solidariedade onde diziam: "Trabalhador, pode lutar, os estudantes estão aqui pra te apoiar".

Virgínia GuitzelTravesti, trabalhadora da educação e estudante da UFABC

quarta-feira 13 de outubro | Edição do dia

Nesta quarta-feira (13), os trabalhadores da GM reunidos em assembleia votaram pela continuidade da greve, após as negociações com o TRT de sexta-feira (8), onde parte das reivindicações foram negadas pela patronal, entre elas a manutenção da Cláusula 42 do Acordo Coletivo, que visa a garantia da estabilidade do emprego dos trabalhadores acidentados.

A votação unanime pela continuidade da greve foi expressiva do sentimento de que "ninguém fica pra trás" e da necessidade da unidade dos trabalhadores em defesa dos seus direitos, especialmente, em defesa da estabilidade dos trabalhadores acidentados que não podem ser tratados como descartáveis após deixarem suas vidas na GM.

Na saída da Assembleia, os trabalhadores foram recebidos com as faixas de apoio dos estudantes da UFABC e do Sintufabc, e também receberam um panfleto do Comitê da UFABC em apoio a greve da GM demonstrando seu apoio e a força da unidade entre trabalhadores e estudantes para enfrentar todos os ataques em curso.



Ainda nesta quarta-feira (13), ocorrerá nova negociação sobre as reivindicações dos trabalhadores da GM, e por isso, é fundamental ampliar a campanha de solidariedade e reforçar o chamado a ida às assembleias para potencializar a energia que se expressou na assembleia de hoje com a disposição de luta dos estudantes que vem se organizando contra os cortes à educação e as ameaças de fechamento da universidade.

Por isso, é fundamental que as organizações de esquerda que atuam na UFABC como o Unidade Popular pelo Socialismo (UP), o Partido Comunista Brasileiro (PCB), Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) se somem a esta iniciativa do Comitê, assim como as entidades estudantis, especialmente o DCE, como também os coletivos de combate as opressões como a PRISMA, o VOZES e a Frente Feminista da UFABC. Reforçamos esse chamado a todos a serem parte do Comitê da UFABC e a se somarem a campanha de fotos para ampliar a visibilidade da luta dos operários e operárias da GM.

Veja a carta panfletada pelos estudantes da UFABC no dia de hoje pela manhã:

TRABALHADOR, PODE LUTAR, OS ESTUDANTES TÃO AQUI PRA TE APOIAR

Nós estudantes da Universidade Federal do ABC, que viemos no último período participando de lutas em defesa da educação, de nossa universidade e por melhores condições de vida, votamos na plenária aberta uma moção de apoio a vocês, trabalhadoras/res em greve na GM, porque acreditamos que a nossa luta se fortalece com a vitória de vocês!

É por esse motivo que decidimos nos organizar em um Comitê de apoio onde possamos dedicar nossa energia para ampliar a visibilidade da luta de vocês entre nossos colegas da faculdade, professores e trabalhadores, e assim vocês saberem que não estão sozinhos.

Para nós a única forma de que a crise econômica não seja descarregada nas costas do trabalhadores, como vocês sentem como a inflação corroem os salários, ou fechando nossas universidades e precarizando ainda mais as escolas, é com a nossa unidade.

Por isso impulsionamos essa campanha de fotos em defesa da luta de vocês, como parte de fortalecer a nossa também.

Comitê da UFABC em Apoio a greve da GM

Ouça também:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias