Juventude

USP

Comitê da Letras/USP começa a preparar ida a Brasília no dia 24

Os estudantes do curso de letras da Universidade de São Paulo deliberaram em assembleia de curso a criação de um comitê de mobilização dos estudantes, que tem como objetivo a preparação e organização dos alunos para estarem na linha de frente do combate aos ataques do governo golpista de Temer.

quarta-feira 10 de maio| Edição do dia

É de grande importância a existência de espaços como estes comitês de mobilização, tanto nos locais de estudo, como nos locais de trabalho e nos bairros, pois somente os trabalhadores e a juventude unidos conseguirão derrubar as reformas. Sabemos o estrago que esta aliança pode causar aos poderosos.

O comitê do curso vem, em suas reuniões, discutindo e deliberando métodos para que consigamos trazer cada vez mais estudantes para serem sujeitos ativos​ dessa mobilização contra todas as reformas e as medidas que nos atacam. Não podemos permitir que a crise seja despejada nas nossas costas e, para isso, precisamos discutir com todos de que apenas um único dia de paralisação não basta, é preciso ir além, com um verdadeiro plano de lutas para que tomemos essa luta em nossas mãos. É com essa perspectiva que nós da Faísca somos parte da construção desse comitê, e agora batalharemos para levar o maior número de estudantes a Brasília no dia 24, para que sejamos mais de 100 mil contra as reformas e Temer. Exigindo das entidades estudantis, como o Caell, nossa entidade representativa, e a Une, que garantam ônibus para todos aqueles que desejarem ir. Exigimos também que o CAELL seja parte ativa da construção deste comitê, aprovado no fórum democrático do curso, a assembleia.

Na última reunião do comando, tiramos medidas para massificar a construção desta luta, convocando todos os dias o maior número de estudantes para debater sobre a situação política, as formas de mobilização do curso, pensando como podemos fazer com que os estudantes entendam que esta é também uma luta de toda a juventude.

Chamamos todos e todas para estar ao lado de tantos jovens e trabalhadores que também irão a Brasília dia 24 gritar pelos nossos direitos. Chamamos também à próxima reunião aberta do comitê da Letras, dia 22 de maio, as 12h e as 18h, em frente ao prédio da Letras.

Vamos pra cima!




Tópicos relacionados

#OcupaBrasília   /    Governo Temer   /    Luta contra ajustes na USP   /    USP   /    São Paulo (capital)   /    Juventude

Comentários

Comentar