Política

IMPEACHMENT

Começa hoje a votação do Impeachment

Hoje é o dia que o golpe institucional orquestrado pela direita começa ser consumado no Senado Federal.

quinta-feira 25 de agosto| Edição do dia

Desde o dia 26 de maio, quando foi votado pela primeira vez no mesmo Senado, o golpe institucional mostrou a sua cara reacionária quando fortalece membros do governo golpista de Temer citados na Lava Jato, como o próprio Michel Temer, junto com o José Serra, citado na delação da Odebrecht.

Além disso, conforme havíamos denunciado neste diário, o golpe institucional só ocorreu porque o imperialismo queria ajustes muito mais duros do que o PT já estava aplicando no seu governo. Propostas como a "reforma" da previdência, aumento salarial para o STF, o fortalecimento do Poder Judiciário entre outros ajustes fiscais e cortes na educação e saúde, são medidas que o governo golpista quer impor aos trabalhadores e setores populares da sociedade ainda mais profundamente após a consolidação do impeachment.

Durante este processo, vimos o governo interino ganhar certa estabilidade, assim como o PT aprofundar a sua capitulação aos golpistas. Ao invés de organizar os trabalhadores e demais setores populares pela base através da CUT e movimentos sociais, o PT preferiu os acordos com a direita feitos através de Lula. O PT assimilou os métodos da direita de governar, ao se propor fazer alianças com a direita e fazer acordos espúrios com os grandes empresários e banqueiros.

Mais do que nunca é necessário por abaixo este governo golpista e derrotar todos os ataques que estão em curso. Para nós, a saída que os trabalhadores podem dar a esta crise econômica é por via de uma Assembleia Constituinte Livre e Soberana imposta pela luta dos trabalhadores e demais setores populares da sociedade.

Acompanhe hoje pelo Esquerda Diário a cobertura da votação que deve consolidar o impeachment no Senado Federal.




Tópicos relacionados

Impeachment   /    Política

Comentários

Comentar