Teoria

100 ANOS DA REVOLUÇÃO RUSSA

Começa hoje Seminário Internacional sobre a Revolução Russa organizado pela Boitempo

Hoje (26) teve início o seminário internacional 1917: o ano que abalou o mundo, sobre o centenário da Revolução Russa, impulsionado pela Editora Boitempo. O evento ocorre entre os dias 26 a 29 de setembro no Sesc Pinheiros, na capital paulista.

terça-feira 26 de setembro| Edição do dia

Hoje teve início o ciclo de seminários sobre a Revolução Russa impulsionado pela Editora Boitempo. O evento está ocorrendo no Sesc Pinheiros, e já contou com uma mesa ministrada por Michel Lowy “Da Russia Imperial à ruptura”, na qual foram apresentados os debates entre os revolucionários durante o processo que culminou na Revolução Socialista de 1917.

Com o título 1917: o ano que abalou o mundo e reunindo importantes pensadoras nacionais e internacionais, o evento ocorre entre os dias os dias 26 e 29 de setembro no Sesc Pinheiro, na capital paulista.

Mais de trinta conferencistas, intelectuais nacionais e estrangeiros, contando com grandes nomes das ciências humanas, abordarão o tema da Revolução Russa durante quatro dias de cursos, palestras, debates, filmes e lançamentos de livros.

Acompanhe a programação em: Boitempo organiza seminário internacional sobre a Revolução Russa

Wendy Goldman, autora de Mulher, Estado e revolução: política da família Soviética e da vida social entre 1917 e 1936, livro publicado no Brasil em 2014 em coedição da Boitempo e nossa editora Iskra, estará presente no importante debate "A REVOLUÇÃO DAS MULHERES".

Diana Assunção, que é dirigente nacional do MRT e fundadora do Grupo de Mulheres Pão e Rosas também estará no seminário como mediadora do importante debate sobre o legado de "LENIN: VIDA E OBRA DE UM LÍDER REVOLUCIONÁRIO".

Segundo os organizadores, a intenção do seminário é ir além do debate acadêmico sobre o tema, mas também promover um balanço do último século tomando os acontecimentos e desdobramentos da Revolução Russa como eixo, afim de incentivar novos caminhos para o pensamento crítico.

O evento sobre a Revolução Russa é uma oportunidade para todos aqueles que pensam que é hora de juntar esforços e pensar radicalmente o Brasil e o mundo neste momento de flagrante assalto às conquistas históricas dos trabalhadores, de ataque violento ao pensamento e a prática de esquerda e de grande ameaça aos direitos conquistados nas últimas décadas pelos movimentos sociais e pelas minorias, sem deixar de lado a análise crítica sobre os acontecimentos de hoje e de ontem.

No sábado (30), Wendy Goldman também estará presente no evento organizado pelo grupo de mulheres Pão e Rosas, às 18h na Casa Socialista Karl Marx.




Tópicos relacionados

100 anos da Revolução Russa   /    Revolução Russa   /    Teoria   /    Cultura

Comentários

Comentar