AUMENTO DA TARIFA

Com decreto, prefeito de Jundiaí anuncia aumento da passagem para R$ 4,40.

sexta-feira 5 de janeiro| Edição do dia

Seguindo as melhores tradições do séc XVIII e inicio do séc XIX, o prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB) emitiu um decreto na Imprensa Oficial de hoje (05/01) determinando o aumento da passagem de ônibus em Jundiaí para R$ 4,40 que entrará em vigor a partir da próxima Segunda- Feira dia 08/01, isto sem nenhum tipo de consulta prévia ou debate público.

O bilhete único também teve sua tarifa reajustada para R$ 4,00 e a tarifa estudantil para R$ 2,00.

A prefeitura lançou em nota onde - de uma maneira que ultrapassa os limites do cinismo - frisa que vai continuar garantido medidas tais como "gratitude para idosos e deficientes", "meia passagem para estudantes" e "tarifa social aos domingos", é importante ressaltar que tais medidas além de serem históricas e fruto de intervenções políticas são o mínimo que se espera de uma sociedade moderna e minimamente democrática, fator básico de cidadania, de modo que ressaltar tais concessões não justifica nem alivia o aumento tarifário, assim como ninguém comemora ou exalta o fato de um cachorro saudável latir, é algo entendido como natural.

Ademais parte das medidas exaltadas, bem como o bilhete único, são frutos da administração anterior, sendo em partes frutos das reivindicações contra aumentos de passagem no período.

Ao final da nota a administração Luiz Fernando alegou que "a administração municipal prioriza ações capazes de proporcionar mais qualidade ao transporte", contudo muito pouco tem ocorrido neste sentido, vide que as empresas tem dado continuidade a retirada de cobradores, o que gera atraso e desconforto nas viagens, principalmente para aqueles que não possuem o bilhete único.

Estas e outras situações de precariedade comprovam que, ao menos por ora, o compromisso da prefeitura e das empresas de ônibus tem sido com o lucro e consigo mesmas.




Tópicos relacionados

Tarifa   /    Aumento da Passagem

Comentários

Comentar