CRISE NA SAÚDE

Com abandono da saúde, ex secretário e ex prefeito de Mauá assume a pasta em Santo André

terça-feira 19 de dezembro de 2017| Edição do dia

Após denúncias feitas pela professora Maíra Machado do descaso e abandono da saúde em Santo André e com o também agravamento na saúde da vizinha Mauá, que tinha como secretário o ex prefeito petista e que a cerca de um mês a abandonou, reclamando das ingerências políticas da pasta, o descaso com hospitais, postos de saúde e que não teve boa vontade de solução pelo ex chefe da pasta, as dívidas da Prefeitura com a FUABC (FundaçãoABC), instituição que presta serviços com profissionais e estudantes em Saúde, débitos que chegam por volta de R$123 milhões, teriam desencadeado maiores divergências e o afastamento de Marcio Chaves, coincidentemente Santo André anunciou afastamento de Ana Paula Peña Dias no mesmo dia da saída de Marcio da Saúde de Mauá.

Ana Paula teve vários impasses com o prefeito Paulinho Serra, com funcionários pelo não pagamento de décimos terceiros aos funcionários ligados á Fundação, a dispensa de quase 1320 profissionais e com colaboração do prefeito, números de dispensados até o momento, desgaste com vereadores e se dizendo ter sido vitima de ofensas e agressões, mas principalmente com a população que não tem onde ser atendida e que está sem explicações, nem saúde.

Mauá que enfrenta os mesmos problemas com a FUABC, entre outros descasos, exonerou seu secretário, mas Paulinho Serra PSDB e prefeito de Santo André, já empregou Marcio Chaves, ex-prefeito de Mauá pelo PT, hoje PSD, como secretário de Saúde de Santo André, setor que hoje é alvo de diversas criticas e com razões óbvias e mais uma vez as mesmas figuras que se mostram incompetentes, sempre trocando farpas políticos de partidos "adversários", trocas de partidos, sempre com interesses pessoais e deixando os trabalhadores que votaram e que pagam seus impostos à míngua, sem atendimento digno nos postos de saúde que ainda estão abertos e sempre defendendo os interesses de empresários da área de saúde, que lucram alto com exames, consultas entre outros serviços que os governantes capitalista não oferecem para população trabalhadora.




Comentários

Comentar