Cultura

ATIVIDADE NA CASA MARX

Coletivo Feminista Clara Charf convida para comemorar aniversário na Casa Marx

O Coletivo Feminista Clara Charf é um coletivo organizado por estudantes da Faculdade Damásio que, no dia 31/08/2018 completará um ano de existência. A comemoração será no dia 01/09, na Casa Marx. O Coletivo surgiu a partir da demanda da existência de uma organização das estudantes que tivesse como tarefa principal combater o machismo dentro e fora da instituição.

terça-feira 21 de agosto| Edição do dia

No primeiro ano de existência, o Coletivo Feminista Clara Charf promoveu uma série de discussões, debates e palestras que colocou o combate ao machismo no cotidiano das estudantes e dos estudantes, sem dissociar o caráter classista da opressão contra as mulheres.

Localizada no bairro da Liberdade, a Faculdade Damásio tem um dos cursos de Direito com a mensalidade mais cara do país. O ambiente elitizado é fator determinante na reprodução da perspectiva individualista que predomina na sociedade, mas que tem seu formato acentuado no mundo jurídico. O Coletivo, por outro lado, oferece uma nova perspectiva, cujo feminismo e a solidariedade são elementos indispensáveis.

A inspiração – carregada no nome – é a ex-guerrilheira feminista Clara Charf. Clara nasceu em 1925, na Bahia. Integrou a Aliança Nacional Libertadora ao lado de seu companheiro, Carlos Marighella. Com o assassinato de Marighella, Clara se exilou em Cuba, onde viveu por dez anos fazendo uso de uma identidade falsa. Voltou ao Brasil após a promulgação da anistia e até hoje milita por um mundo dos trabalhadores e das trabalhadoras.

Em evento promovido pelo Coletivo, Clara Charf conheceu as estudantes que carregavam seu nome e seu legado na luta do cotidiano. Na oportunidade, esclareceu que não há outra alternativa aos trabalhadores que não seja a luta e o enfrentamento direto aos interesses capitalistas. Disse ainda - com a autoridade de uma militante que enfrentou duas ditaduras – que nenhum direito é conquistado através de espontaneidades.

Para comemorar um ano de existência, o Coletivo Feminista convida todas e todos para participar de mais uma atividade. O evento acontecerá na Casa Marx (próximo ao metrô Vila Madalena) e contará com a participação de militantes do Coletivo Internacional Pão E Rosas.

A atividade começará às 18h com uma roda de conversa sobre os desafios da legalização do aborto no Brasil e na América Latina. Às 20h começará a festa de comemoração.
Para mais informações, visite a página no facebook




Tópicos relacionados

Mulheres   /    São Paulo (capital)   /    Cultura   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar