Internacional

ELEIÇÕES ARGENTINA

Cidade de Buenos Aires: grande eleição de Bregman e Ramal

Apurados 97% dos votos, em uma eleição em que o Cambiemos chega aos 50%, a FIT chega a 6,8% na lista de deputados distritais encabeçada por Bregman, candidata a deputada da cidade de Buenos Aires, o que permitiu a conquista de dois deputados. Alcançou 5,8% em deputados federais, em busca de alcançar uma cadeira.

domingo 22 de outubro| Edição do dia

Pouco depois das 21h (horário de Buenos Aires), foram revelados os resultados preliminares na Cidade de Buenos Aires. Com mais de 97% das urnas apuradas, a lista Vamos Juntos (Cambiemos), que tinha como candidato Carrió, arrancou 50% dos votos. Em segundo estava Unidad Porteña, com Filmus, que alcançou 22% dos votos.

A Frente de Esquerda (FIT – Frente de Izquierda y de los Trabajadores), com essa porcentagem, realizou uma eleição muito boa. Na categoria de deputados federais, somou 5,80% dos votos, aproximando-se do número necessário para atingir uma cadeira, neste caso encabeçada por Marcelo Ramal. Em deputados da Cidade de Buenos Aires, a candidatura de Myriam Bregman (PTS, organização irmã do MRT na Argentina) colheu quase 7% dos votos, o que permitiu a FIT a conquistar dois deputados portenhos.

Luis Zamora, que encabeça a outra lista da esquerda, superou os 4% a deputados federais.

Com esses números, a esquerda realizou uma grande eleição na cidade de Buenos Aires, embora essa situação ainda não tenha permitido alcançar a cadeira no Congresso Nacional.

Se os dados na seção de deputados forem confirmados, no dia 10 de dezembro, Myriam Bregman (PTS-FIT) e Gabriel Solano (PO-FIT) assumirão como deputados da cidade de Buenos Aires. Por último, Patricio del Corro (PTS-FIT) entraria na candidatura como produto da rotatividade da cadeira conquistada pela FIT em 2015.




Tópicos relacionados

Argentina   /    Frente de Esquerda e dos Trabalhadores (FIT)   /    PTS na FIT   /    Internacional

Comentários

Comentar