Juventude

Eleições do D.A Fundação Santo André

Chamado a Primavera Socialista e aos estudantes Anticapitalistas a conformar uma chapa de luta

quarta-feira 3 de agosto de 2016| Edição do dia

As aulas retornaram e o processo eleitoral já começou. Em tempos turbulentos na conjuntura política do país frente ao golpe institucional, os ataques a educação se aprofundam e se faz cada vez mais necessário a unidade dos anticapitalistas para construir gestões de luta nas universidades.

A Fundação vive uma crise histórica que se aprofunda cada dia mais. O fim do ano já anuncia mais um aumento de mensalidade e a resolução 01 (LINK)2 aponta uma das saídas da Reitoria para fazer com que paguemos pela crise econômica da universidade. Mas acreditamos que movimento estudantil pode oferecer uma saída independente que realmente defenda os interesses dos estudantes, professores e trabalhadores a partir da luta e da mobilização.

O diretor do prédio da Faculdade de Filosofia e Letras, Valderramas está tentando organizar uma chapa para defender os interesses da burocracia acadêmica, porque sabe que o Diretório Acadêmico é um perigo para o projeto de fechar as licenciaturas e avançar na privatização da universidade.

Nós que já participamos de manifestações de rua em defesa dos direitos da juventude e dos trabalhadores, estivemos junto na frente da UPA Sacadura em defesa da saúde das pessoas trans. Que conformamos uma oposição frontal ao governo golpista de Temer sem dar qualquer apoio ao PT e que atuamos juntos na greve da FSA no ano passado assim como em diversos enfrentamentos com a reitoria temos, apesar das nossas diferenças, muitos pontos em acordo e a partir de debates programáticos podemos avançar para conformar uma chapa para as eleições deste ano que defenda a FSA pública, gratuita e de qualidade aberta para todos.

Por isso, nós da Faísca que estudamos na FSA chamamos os companheiros e companheiras da Primavera Socialista e estudantes Anticapitalistas a vir na reunião da construção da chapa nesta quinta-feira (04) e conformar conosco uma grande chapa da unidade dos anticapitalistas para fortalecer o movimento estudantil antigovernista e organizar os estudantes para as lutas dentro da universidade assim como batalhar para que o movimento estudantil seja uma voz independente hoje nas ruas para impedir o avanço dos golpistas e reacionários que querem aprovar reformas trabalhistas e direitos da juventude.




Tópicos relacionados

Eleições D.A - FSA 2016   /    #FSA   /    Juventude

Comentários

Comentar