Juventude

USP

Centros acadêmicos-USP convidam para live “Sem justiça, sem paz: A explosão da luta negra no mundo”

Hoje ocorrerá a live “Sem justiça, sem paz: A explosão da luta negra no mundo” às 18 horas, iniciativa dos centros acadêmicos da Faculdade de Letras e de Educação da USP para discutir o movimento BlackLivesMatter que percorre o mundo, as manifestações antifascistas, em memória e justiça por George Floyd, João Pedro e todas as vidas negras! Acompanhe e participe!

sexta-feira 5 de junho| Edição do dia

Hoje, sexta-feira, acontecerá a live “Sem justiça, sem paz: A explosão da luta negra no mundo” às 18 horas como importante iniciativa dos Centros Acadêmicos da Faculdade de Letras (CAELL) e de Educação (CAPPF) da Universidade de São Paulo (USP), trazendo para o debate a fúria negra que percorre já não só os Estados Unidos, mas também diversos países, gritando por justiça às vidas negras, de George Floyd nos EUA, de João Pedro, Miguel e tantas outras vidas aqui no Brasil.

A live contará com a presença de Emerson Inácio, professor doutor da Letras USP, pesquisador na área de gênero, sexualidades e negritudes; Letícia Parks, militante do Quilombo Vermelho e do Esquerda Diário, além de ser mestranda em Comunicação pela UnB; Renata Gonçalves, docente da Unifesp e coordenadora do Núcleo de Estudos Heleieth Saffioti - Gênero, Sexualidades, Feminismos; Dennis de Oliveira, docente da ECA (Escola de Comunicação e Artes) da USP e parte da rede Quilombação; e Mathias Nery, estudante de Filosofia da USP, militante do Quilombo Vermelho e do coletivo de juventude Faísca.

O debate discutirá a explosão da luta pelas vidas negras e o movimento #BlackLivesMatter que tomou os Estados Unidos e o mundo, além da recente onda de manifestações antifascistas no Brasil e como organizar a luta contra o governo Bolsonaro e a violência policial, por justiça a George Floyd, João Pedro e todas as vidas tiradas pelo Estado.

Os dois centros acadêmicos da faculdade de Letras e de Educação, dirigidos pelas gestões Pulso Latino e Pra Poder Contra-Atacar, respectivamente, são compostos por estudantes independentes e membros da Faísca. Iniciativas assim, de entidades estudantis, são importantes em meio à pandemia que impôs o isolamento social e a divisão entre a comunidade universitária, podendo ser um espaço importante de debate entre estudantes e professores. Além disso, o tema da live é de extrema relevância e atualidade, discutindo o movimento que está em curso por justiça aos assassinatos pela polícia racista dos EUA, do Brasil e de tantos outros países. É fundamental que a juventude discuta os rumos desse movimento.

Convidamos a todos a participar desta live hoje, 05 de junho, às 18 horas, acompanhando a transmissão pelas páginas do Facebook do CAELL e do CAPPF.




Tópicos relacionados

#BlackLivesMatter   /    CAPPF   /    Caell   /    Racismo EUA   /    Universidade   /    USP   /    Juventude

Comentários

Comentar