Gênero e sexualidade

BASTA DE LGBTFOBIA E RACISMO

Centenas tomam as ruas e gritam por justiça para Yuri, jovem negro e gay assassinado no RN

Centenas tomaram as ruas do município de São José do Mipibu hoje para exigir justiça para Yuri Alzaniel, adolescente negro e gay de apenas 16 anos, que foi assassinado na manhã de segunda-feira a pedradas. O terrível caso comoveu toda a cidade e mobilizou a família, amigos e conhecidos.

quinta-feira 29 de outubro| Edição do dia

Com um gigantesco bandeirão LGBT à frente, as ruas de São José do Mipibu foram tomadas com centenas de pessoas emocionadas e decididas a arrancar justiça por Yuri Alzaniel. A concentração ocorreu na Praça do Cemitério da cidade e depois seguiram até o local onde foi encontrado na manhã de segunda-feira.

É necessário rememorar como as mãos de Bolsonaro estão encharcadas de sangue negro e LGBT, além das mais de 160 mil mortes pela COVID 19 no Brasil, sua atuação e discurso legitimam os assassinatos das pessoas LGBT, com Damares Alves assumindo a pasta do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos declarando que “menino veste azul e menina veste rosa”, no país que também é recordista em transfeminicídios.

Assim como também são responsáveis os representantes locais destes ataques, como o Deputado Estadual Albert Dickson (PROS) que recentemente propôs o Dia do Orgulho Heterossexual no Rio Grande do Norte, recebendo apoio nas redes sociais de ninguém menos que Carlos Bolsonaro (Republicanos).

Não é possível lutarmos contra a extrema-direita e a direita racista e lgbtfóbica nos aliando com ela, como faz o PT em mais de 140 cidades com o PSL e em Mossoró, segunda maior cidade do RN, com o próprio PROS. Podemos confiar apenas nas nossas próprias forças em luta, da classe trabalhadora e da juventude.


Mochila de Yuri foi levada pela família à manifestação para homenageá-lo




Tópicos relacionados

Racismo Estrutural   /    Racismo   /    Homofobia e Transfobia   /    Racismo   /    LGBT   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar