×

Judiciário | Caso triplex do ex-presidente Lula prescreve e Justiça do DF arquiva o processo

Justiça de Brasília, na figura da juíza Pollyanna Alves, da 12ª Vara Federal Criminal, determina o arquivamento do processo sobre o triplex do Guarujá no qual o ex-presidente Lula era réu.

sexta-feira 28 de janeiro | Edição do dia

A decisão foi despachada ontem (quinta-feira, 27/01) a pedido do MP, que apontou que os crimes supostamente cometidos haviam prescrevido. O processo retornou a 1 instância, em Brasília, após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que em abril considerou suspeita a atuação do ex-juiz Sérgio Moro no caso e anulou a condenação de Lula. Com a anulação da condenação a investigação teria que ser recomeçada, não podendo reaproveitar as provas “coletas” no processo de Curitiba.

“Ressalto, por oportuno, que a prescrição ora reconhecida decorre da anulação promovida pelo Supremo Tribunal Federal de todos os atos praticados pelo então juiz federal Sérgio Fernando Moro”, diz a juíza Alves.

Nós do Esquerda Diário, desde de 2016 denunciamos as arbitrariedades da Operação Lava-Jato, mostrando seu caráter autoritário e de interesses imperialistas. Mesmo não concedendo nenhum apoio político ao Lula, o PT e sua política de aliança com a direita, nós combatemos fortemente a prisão arbitrária de Lula, que serviu para a eleição de Bolsonaro.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias