Sociedade

INCÊNDIO DURANTE REINTEGRAÇÃO DE POSSE

Casas são incendiadas durante reintegração de Posse da Ocupação Progresso em Porto Alegre

Ato criminoso e abominável durante reintegração de posse da Ocupação Progresso no Bairro Sarandi em Porto Alegre. Três casas foram incendiadas para que moradores, em sua maioria imigrantes deixassem o local.

terça-feira 4 de setembro| Edição do dia

Desde a madrugada desta terça-feira (04), a Brigada Militar está realizando a reintegração de posse da Ocupação Progresso, localizada no Sarandi, Zona Norte de Porto Alegre. A comunidade existe há cerca de 4 anos e conta com mais de 150 famílias, a maioria de imigrantes haitianos e senegaleses, que não têm lugar nenhum para ir. A execução do despejo foi feita por cerca de 50 policiais militares do 20° Batalhão de Polícia Militar.

O mais absurdo e asqueroso da ação da polícia foi que para fazer com que os moradores da ocupação saíssem, foi terem ateado fogo em algumas casa de forma totalmente macabra e criminosa. Já por volta das 10h, famílias e pertences já haviam sido removidos e equipes do governo já estavam demolindo as casas dos imigrantes.

Bombeiros que foram combater o fogo ainda na madrugada confirmaram que o ato foi criminoso. Os próprios moradores confirmaram que estavam recebendo ameaças da polícia que iriam incendiar as casa caso não deixasse o local. até o momento não há registro de feridos.

Foi uma verdadeira barbárie cometida pelo governo do Estado em mais uma reintegração de posse com forte repressão como de costume, e agora através da ação da polícia, colocam fogo nas casas dos moradores que além de não ter para onde ir, agora não possuí tiveram perda da maior parte de seus pertences. é uma atitude abominável do governo de Sartori contra a população pobre e trabalhadora, e o imigrantes haitianos e senegaleses. é um crime totalmente asquerosos e absurdo que o Governo Estadual e a Brigada Militar são totalmente responsáveis. Nós do Esquerda Diário repudiamos esse ataque brutal aos trabalhadores e as famílias pobres que agora não tem onde ficar.




Tópicos relacionados

Rio Grande do Sul   /    Imigrantes   /    Reintegração de Posse   /    Sartori   /    Porto Alegre   /    Sociedade   /    Violência Policial

Comentários

Comentar