Juventude

MOVIMENTO ESTUDANTIL

Casa do Estudante do RN realiza atividades em resposta a tentativa de extinção por parte do MP

terça-feira 2 de outubro| Edição do dia

A CERN (Casa do Estudante do Rio Grande do Norte) nasceu num contexto de reivindicações e luta pela deposição de Getúlio Vargas e pela melhoria e democratização do sistema educacional do Estado. Mais tarde, instalada no prédio da Cidade Alta, abrigou a resistência estudantil contra a ditadura militar vigente no país após o golpe de 1964.

Portanto, um espaço que contem a história da luta do movimento estudantil no Rio Grande do Norte e em defesa da educação nos momentos chaves da história do país.

Porém, há algumas semanas, o Ministério Público ordenou que a Polícia Militar intervisse e extinguisse a Casa, localizada na praça Coronel Lins Caldas, na capital Natal, negando a memória da luta estudantil, seus espaços de cultura e vivência.

Em resposta, serão realizadas atividades e debates políticos ao longo dos próximos dias.

Esse espaço pode estar a serviço da autoorganização dos estudantes, que conflua com as entidades de representação em cada local de estudo da cidade. Nesse sentido, só será garantido por essa autoorganização estudantil em defesa desse espaço e em rechaço ao Ministério Público e a polícia, alinhados ao governo do estado.

Por isso precisam ser convocadas assembléias de base nos cursos, universidades, institutos e escolas para construir uma luta que possa defender a Casa do Estudante.

Nesta terça-feira, 2, acontecerá um ato político cultural aberto a todos. Além disso, estão recebendo doações de:

📌 Alimentos não perecíveis
📌 Produtos de Higiene Pessoal
📌Produtos de Limpeza

Veja a programação:




Tópicos relacionados

Natal   /    Rio Grande do Norte   /    Movimento Estudantil   /    Juventude

Comentários

Comentar