Cultura

LUTA NA CULTURA

Casa das Rosas Ocupada

Neste sábado por volta das 20h, jovens aprendizes ocuparam o prédio da Casas das Rosas, localizado na Avenida Paulista, nº 37, Bela Vista. O local esta cercado pela polícia e os ocupantes estão pedindo apoio para a vigília noturna.

sábado 16 de julho de 2016| Edição do dia

Foto: Mídia Ninja

A casa das Rosas é um instituto ligado a OS Poesis, a qual fornece cursos e outras atividades ligada a cultura. Esta OS , além da Casa das Rosas, tem sobre sua administração as diversas “Fabricas de Cultura”, as quais prestam o serviço no ramo da cultura a população.

As ocupações tem por intuito a luta contra o corte de verbas, precarização dos serviços, extinção de cursos e demissão de educadores. O governo Alckmin cortou a verba na pasta da cultura, o que levou a precarização dos serviços, isso fez com que agentes de educação, jovens aprendizes e demais usuários deste serviço ocupassem algumas Fábricas de Cultura, tais como a da Brasilândia (a qual teve a desocupação ilegal) e Capão Redondo.

Esta ocupação da Casa das Rosas hoje foi feita em resposta as duas desocupações, as prisões de educadores e jovens, como também a demanda que pleiteiam.

Na terra do tucanistão toda resistência justa contra as medidas desfavoráveis a população são tratadas por meio de repressão, no qual o Governador, ladrão de merendas e do erário do Metrô, utiliza-se da polícia militar, uma das policiais mais sangrentas e violentas do mundo.

Estes jovens estão lutando pelo direito a cultura, termo este que da significado e enriquece a vida, que nos é podada pela elite através desse sistema de classes hediondo, e suas diversas formas de repressão desde a escola alienada à policia assassina.

A situação está tensa neste exato momento, o próprio secretário estadual da educação se encontra no local com um efetivo grande de policiais, ameaçando invadir o local esta madrugada. Toda força aos jovens ocupantes, quem puder ajudar nesta luta deve se dirigir ao local para a vigília noturna.




Tópicos relacionados

Cultura

Comentários

Comentar