CASA MARX

Casa Marx Lapa convida: Como lutar por uma saída anticapitalista para a crise do Rio e do país

O Rio de Janeiro e o país seguem imersos numa grande crise, que está sendo descarregada nas costas dos trabalhadores e da juventude. Enquanto isso, Temer privatiza a Petrobras e segue pagando a dívida pública, dando trilhões de presente aos capitalistas nacionais e estrangeiros.

terça-feira 19 de junho| Edição do dia

Os governos dizem que não tem dinheiro para as demandas dos trabalhadores e do povo, e esse foi o argumento utilizado pelos golpistas para avançar nos ataques que o PT já vinha realizando, após o golpe institucional. Mas uma das razões para essa “suposta” falta de dinheiro tem a ver com o pagamento da dívida pública, que é ilegal, ilegítima e fraudulenta. Esse mecanismo também é estrutural de subordinação do país aos interesses dos imperialistas e grandes capitalistas nacionais.

1 trilhão foram gastos com a dívida pública nos últimos anos e isso é equivalente ao orçamento de 1000 UERJ´s ou 2500 UFRJ´s. Além desse roubo o governo golpista também está vendendo as empresas estatais com a justificativa que precisa fazer isso para “fechar as contas” de uma crise que foi criada pelos capitalistas e não pelos trabalhadores e o povo. Foi o que ocorreu recentemente com a venda de uma enorme parcela do pré-sal para a Shell, Exxon e outras empresas imperialistas pelo valor de R$ 3 bilhões, o mesmo que querem vender também a CEDAE. Mas só gasto anual com a dívida é 300 vezes esse valor.

É necessário construir uma saída de fundo para a crise, que defenda a ruptura com os imperialistas e capitalistas e que supere a experiência com o PT que nesses 13 anos de governo só abriu espaço para a direita. Nesse sentido fundamental defender o programa pelo não pagamento da dívida pública e por uma Petrobrás 100% estatal gerida pelos trabalhadores e controle popular, pois os capitalistas que devem pagar pela crise.

E por isso, diante deste cenário de crise política, econômica e social que a Casa Marx da Lapa convida todos a participarem de uma atividade, no próximo sábado, dia 23/06 à partir das 15h, para debater como construir uma saída anticapitalista para a crise, com Carolina Cacau, estudante da UERJ e ex-candidata a vereadora do MRT no PSOL, e Leandro Lanfredi, petroleiro e diretor do Esquerda Diário.

Venham todas e todos e confirme sua presença! Acesse o link do evento.




Tópicos relacionados

Não ao pagamento da dívida pública!   /    Casa Marx   /    UERJ   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar