Mundo Operário

CONTAGEM

Carta de operário da Vallourec para representante da multinacional

Reproduzimos carta de um operário recebida por nossa redação.

terça-feira 13 de setembro| Edição do dia

Carta aos senhores

Olá companheiros! E olá Sr. Diretor Lira*!

Venho denunciar as atrocidades aplicadas na PHL antiga PAL, já citada algumas vezes. Lembra dos Supervisores autoritários...

Nada foi feito a respeito, mas tudo bem, o assunto é outro. PHL vem cometendo excessos com respeito a sua gestão, um tanto quanto falha e de certa forma desrespeitosa.

Colaboradores operários trabalhando em horário central sendo obrigados a trabalhar aos sábados e feriados, descumprindo um acordo de folgas aos sábados, uma vez que esta firmado horário central. Diversos Safety Start foram feitos demostrando a indignação dos operários a respeito dos horários exaustivos, nada foi comentado, os operários querem respostas, pois a parte do cansaço e bem clara no programa Safety Start. Um abuso dos bancos de horas, que é outro erro...

Temos relatos de trabalhadores pegando serviço as 4:00 hrs da madrugada de segunda feira dia 13/09/2016 uma vez que este trabalhou até sábado passado, também uma prática de operários pegando 06:00 da manhã, pegando as 10:00 até as 20:00, desde que foi aprovado banco de horas, oportunismo de uma gestão que proibiu o uso de horas extras, uma vez que teriam que ser contabilizadas no final do mês.

Operadores doentes transferidos repentinamente para PPU onde o serviço é braçal e pesado, uma total desmotivação e desrespeito, mantendo operadores já aposentados não tão produtivos e transferindo operadores em desenvolvimento pleno. E não podemos nos esquecer dos trabalhadores da Urbtopo que vivem ainda piores situações, a vallourec mostra com tudo isso, uma empresa sanguessuga de trabalhador. Onde estar você Sr. Lira?

A vergonhosa gestão imatura da PHL, operadores doentes transferidos sem aviso prévio, operadores aposentados no lugar de um pai de família, autoritarismo, excessos, carga horária desumana, irresponsabilidades e não respeito do Safety Start. Só não queremos acidentes, pois quando acontecer...

A vergonha e a responsabilidade sua Sr. Lira...

Faça jus ao seu cargo, atitude por favor!

* Lira é o diretor geral do grupo Vallourec no brasil




Tópicos relacionados

Vallourec   /    Contagem   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar