Cultura

CENSURA

Cancelado lançamento do filme Mariguella no Brasil. Burocracia à serviço da censura.

Bolsonaro segue sua cruzada ideológica atacando todos os setores do fomento à arte e cultura do país para convertê-los em templos da ignorância e do pensamento superado.

sexta-feira 13 de setembro| Edição do dia

Diretoria da Ancine nega ressarcimento de verba de mais de R$ 1 milhão gastos na produção do filme.

"..se o ambiente político fosse outro, a decisão da agência talvez tivesse sido outra", diz Wagner Moura diante da negativa da diretoria da ANCINE em ressarcir verba no valor de mais R$1 milhão gastos na produção do filme.

O impasse já vem desde o dia 27/08 quando a Diretoria Colegiada da Ancine bateu o martelo negando o repasse da verba se apoiando na falta de cumprimento de prazos por parte dos produtores do filme.

Se trata de segundo pedido negado pela Agência aos produtores, que já havia feito pedido de adiantamento de verba para fins de comercialização do filme. Não há data para novo lançamento do filme no Brasil.

Fato é que a burocracia para liberação da verba segue o roteiro à risca do projeto de Bolsonaro para a cultura no país, desmonte do fomento à produções de cunho progressista, temática LGBT, movimentos sociais, questões raciais e democráticas em geral. E a Ancince segue sendo alvo de ataques da cruzada ideológica de Bolsonaro. Segundo esta nota, Bolsonaro encaminhou um projeto de lei que cortará 43% do orçamento da Ancine a partir de 2020, tornando o repasse do ano que vêm o menor desde 2012. O corte seria feito via FSA, o Fundo Setorial do Audiovisual, principal fonte de recursos da Ancine.

Enquanto os direitos dos trabalhadores são ceifados a toque de caixa, afundando milhares na miséria e no desemprego para fazer a vontade do imperialismo, Bolsonaro segue sua cruzada ideológica atacando todo os setores do fomento à arte e cultura do país para convertê-los em templos da ignorância e do pensamento superado.




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Censura   /    Cultura

Comentários

Comentar