Mundo Operário

SOLIDARIEDADE

Campanha de arrecadação em solidariedade aos trabalhadores da USP

Centenas de trabalhadores da USP e suas famílias sofreram cortes em dois salários seguidos, simplesmente pelo exercício do direito de greve, contra o desmonte da USP, onde o corte de milhares de postos de trabalho tem levado ao fechamento do pronto socorro à noite e de metade dos leitos do Hospital Universitário, de todas as vagas nas creches, de aulas obrigatórias na Escola de Aplicação, terceirização de restaurantes, e uma longa lista. Divulgamos aqui a conta para solidarizar-se com as centenas de famílias que sofrem este ataque.

terça-feira 19 de julho de 2016| Edição do dia

Centenas de trabalhadores da USP e suas famílias sofreram cortes em dois salários seguidos, simplesmente pelo exercício do direito de greve, contra o desmonte da USP, onde o corte de milhares de postos de trabalho tem levado ao fechamento do pronto socorro à noite e de metade dos leitos do Hospital Universitário, de todas as vagas nas creches, de aulas obrigatórias na Escola de Aplicação, terceirização de restaurantes, e uma longa lista. Trata-se da defesa da universidade pública, e da sua abertura para a maioria pobre e negra da juventude e da população que a sustentam e são excluídas dela, nesse caso lutando também para impor as cotas raciais no vestibular da universidade mais elitista e racista do país. Ou seja, estão pagando com a privação do sustento de suas famílias por lutarem em defesa da educação e saúde públicas para todos, e contra os mesmos ataques que os trabalhadores e a juventude estão sofrendo em todo o país. Por decisão preliminar da justiça os cortes salarias estão mantidos, e os trabalhadores não deverão receber nem o próximo salário.

Frente a esse ataque, é fundamental a solidariedade de classe para fortalecer os trabalhadores e sua organização, e que isso se concretize em uma forte campanha de arrecadação envolvendo as organizações, entidades, sindicatos e ativistas de outras categorias de todo o país. Divulgamos aqui a conta divulgada pelo Sindicato dos Trabalhadores da USP:

Banco do Brasil
Agência 7068-8
Conta Poupança 5.057-1
(Variação 51)




Tópicos relacionados

Luta contra ajustes na USP   /    USP   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar