Educação

Câmara Municipal de São Caetano do Sul é surpreendida por protestos de estudantes

Em protesto os estudantes da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul ocuparam câmara contra corte das bolsas de estudo.

sexta-feira 30 de junho| Edição do dia

A última sessão da Câmara Municipal no do dia 27, foi ocupada pelos estudantes da Faculdade Paulista de Serviço Social (FAPSS) de São Caetano do Sul que em protesto reivindicaram as bolsas de estudos que foram cortadas pelo governo Auricchio. O coletivo uniu forças com a presença da ASPESCS (Associação Dos Profissionais da Educação de São Caetano do Sul).

A presença dos estudantes resultou em uma reunião com a comissão dos estudantes junto aos vereadores hoje na Câmara às 14hs, pra discutir o assunto.

A comissão dos estudantes tem como pauta a reivindicação das bolsas e a compensação retroativa das mensalidades, e pretende questionar quanto ao investimento exorbitante de mais de 30 milhões em meio ambiente.

“Nós estudantes não confiamos que os vereadores estão do nosso lado, uma vez que os mesmos votaram a favor dos cortes das bolsas, sabemos que eles defendem esse governo que em todo o país está cada vez mais precarizando a educação e favorecendo os poderosos donos de universidades privadas.“ – Luiz Estudante de Serviço Social da FAPS

Os estudantes não pretendem parar com a luta, a ocupação da Câmara Municipal e a reunião com os vereadores é apenas o começo, pois no cenário nacional que se apresenta atualmente com todas as reformas do governo golpista de Temer que congelam os gastos com saúde e educação, retiram direitos trabalhistas e previdenciários, é necessário seguir a diante unificando forças até o final para derrubar todas essas reformar e esse governo ilegítimo.




Tópicos relacionados

Educação   /    ABC paulista

Comentários

Comentar