Educação

UNICAMP

Calourada IFCH 2018 discute o golpe e sua continuidade

A mesa de abertura da Calourada do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp (IFCH) contará com a participação de Andréia Galvão, professora do Departamento de Ciência Política do Instituto, Marcello Pablito, trabalhador do bandejão da USP, militante do Quilombo Vermelho e do Esquerda Diário, João Zafalão, professor da rede estadual e militante do MAIS-PSOL e militante do MTST que ainda não foi confirmado.

quarta-feira 28 de fevereiro| Edição do dia

Na intenção de debater os ataques dos golpistas, a proposta é aprofundar debates sobre os cenários diante da crise política, social e econômica que vivemos no Brasil hoje, principalmente sob a luz da aprovação de duros golpes, como a PEC do teto de gastos, a Reforma do Ensino Médio, a Lei da Terceirização Irrestrita e a Reforma Trabalhista. Tendo em vista a tendência de aprovação também da Reforma da Previdência e os sinais de privatização, como a venda de ações da Eletrobrás, a retirada do direito do povo votar, que o Judiciário ataca com a condenação de Lula e a intervenção federal de Temer no RJ, a mesa acontece na quinta (01), às 17h30, no Auditório do IFCH.

Como representante do Esquerda Diário e militante do Quilombo Vermelho, estará presente Marcello Pablito, trabalhador do bandejão da USP, no propósito de debater a continuidade do golpe nas costas dos trabalhadores e da juventude. Ou seja, onde não temos qualquer direito garantido e que vemos os governantes os retirarem à bancarrota, é bastante importante que seja discutido como a juventude pode se armar, impedir e anular os ataques junto com a classe trabalhadora para derrubar o capitalismo. Faça parte você também dessa discussão!

Cole amanhã, quinta (01), às 17h30 no Auditório do IFCH! Confira o evento pelo link: http://bit.ly/2FbLKRk




Tópicos relacionados

Intervenção Federal   /    Golpe institucional   /    Governo Temer   /    Unicamp   /    Educação

Comentários

Comentar