Cultura

CULTURA E POLÍTICA

Caetano Veloso e Roger Waters, juntos e discutindo sobre política e a ascensão da ultra-direita

Após Roger Waters, ex-integrante da banda Pink Floyd, se posicionar contra Bolsonaro projetando em seus show no Brasil a hashtag #EleNão, Caetano Veloso o entrevista.

terça-feira 23 de outubro| Edição do dia

Caetano Veloso entrevista Roger Waters
Imagem: Reprodução/Mídia Ninja

Caetano Veloso entrevistou o músico Roger Waters, na noite desta segunda-feira (22), o assunto foi política e a ascensão da ideologia fascista no mundo. Após a projeção da hashtag #EleNão no show em São Paulo, o telão ainda exibiu uma mensagem relacionando os lugares onde o neofascismo está ressurgindo, entre nomes como Trump, Le Pen, surgiu, no final da lista, o nome de Bolsonaro, a partir daí uma horda de bolsonaristas rechaçaram o cantor e o ofenderam nas redes sociais.

A aproximação de Caetano e Roger se deu em 2015, após ele, corretamente, fazer um apelo a Caetano que cancelasse o seu show em Israel devido às ações brutalmente violentas que este país vinha fazendo à Palestina.
"As políticas coloniais e racistas de Israel têm devastado a vida de milhões de palestinos (...) Eu imploro a você [Caetano] para não proceder com sua participação", escreveu o britânico na mensagem.

Apesar disso, Caetano agradeceu a “atenção e o esforço”, mas disse que preferia dialogar e que gostava muito do país. O show aconteceu normalmente.

A gravação vai ao ar na próxima quarta-feira (24), na coluna do cantor baiano na plataforma Mídia Ninja.




Tópicos relacionados

Roger Waters   /    Bolsonaro   /    Cultura

Comentários

Comentar