Educação

USP

CA da Faculdade de Educação inicia campanha contra as punições

Centro Acadêmico Professor Paulo Freire (CAPPF) da Faculdade de Educação da USP começa campanha contra as punições e repressão aos lutadores

quinta-feira 11 de agosto| Edição do dia

Iniciamos nesta semana na FEUSP uma campanha entorno da defesa dxs nossxs lutadorxs, "Quem luta por educação não merece punição! Pune um, pune todas e todos!"

A ideia foi da galera da UNICAMP, em uma de suas assembleias, pois desde o começo da greve das universidades estaduais paulistas e no decorrer dela toda, a reitoria tratou de estabelecer "diálogo" através de arbitrárias truculências. Vimos como a "autonomia universitária" funciona bem quando se trata de chamar a polícia para reprimir estudantes em nossas assembleias, CRUSP adentro, para cortar o salário dxs trabalhadorxs em greve, atacando também (ilegalmente!) este direito democrático, chamar PM pra despiquetar o prédio da Física, etc. Só não funciona para livrar nossos laboratórios das empresas privadas sanguessugas (disfarçadas de fundações de apoio) que só pesquisa coisas irrelevantes à sociedade, mas importantes para os lucros de meia dúzia de empresários e manutenção de privilégios dxs burocratas da USP.

Tem estudantes ameaçados de sindicâncias (punições administrativas que podem prejudicar ou até extirpar suas graduações), mas esse histórico de diálogo diante de conflitos políticos na nossa universidade é velha... E se agrava desde o convênio entre a reitoria e PM em 2011, que garante presença ostensiva dessa instituição assassina dentro do nosso campus. São muitos estudantes processados administrativa e criminalmente, expulsos de seus cursos. Isso também acontece na categoria dxs trabalhadorxs. Isso por lutarem por mais inclusão da população negra e periférica na USP, por permanência, defenderem seus salários, melhores condições de trabalho, por querer uma USP mais aberta, sem empresas privadas, enfim, por defender uma educação realmente pública gratuita e de qualidade pra todos e todas.

É preciso retomar nossa história de luta, é preciso defendê-la começando pela defesa daqueles que se colocam na linha de frente e seguir construindo atividades de mobilização!

"Quem luta por educação não merece punição! Pune um, pune todas e todos!"

Tire sua foto com os cartazes acima (localizados no CAPPF) e mande por inbox aqui pra gente. Vamos divulgar ao máximo e estender nossa solidariedade!




Tópicos relacionados

Educação   /    Repressão   /    Educação   /    USP   /    Juventude

Comentários

Comentar