Política

ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro vence com ampla margem o primeiro turno e enfrenta Haddad no segundo

Os resultados eleitorais para presidência conduzem ao segundo turno, em que se enfrentarão Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Com 97% das urnas apuradas a nível nacional, Bolsonaro registrou 46,2%, enquanto Haddad ficou com 29%.

domingo 7 de outubro| Edição do dia

Os resultados eleitorais para presidência conduzem ao segundo turno, em que se enfrentarão Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Com 97% das urnas apuradas a nível nacional, Bolsonaro registrou 46,2%, enquanto Haddad ficou com 29%.

Ciro Gomes registra 12,46%, Geraldo Alckmin, bastante desidratado, registra 4,94% (confirmando esse dado, é de longe a pior votação do PSDB para a presidência, desde 1989), João Amoedo conta com 2,68%, Henrique Meirelles e o Cabo Daciolo registram 1,22%. Marina Silva conta apenas 1% dos votos.

Os dados contrastam fortemente com as últimas sondagens das principais pesquisas eleitorais, Ibope e Datafolha, que segundo os últimos números davam 41% a Bolsonaro e 25% ao candidato do PT, Haddad.

Os dados lançados pelo Tribunal Superior Eleitoral mostram forte crescimento de Bolsonaro, e uma queda de quase 4% do candidato tucano, além da desidratação enorme de Marina Silva: há um mês registrava 10% das intenções de voto, e termina as eleições com menos de 1%.

Se estes resultados se mantém, o candidato da extrema direita Jair Bolsonaro ficaria muito fortalecido na entrada do segundo turno, e Haddad teria de não apenas manter seus votos, mas conseguir os votos do restante dos candidatos para começar a competir. Mesmo se todos os eleitores de Ciro Gomes votassem no PT, o resultado para Haddad seria ao redor de 40% dos votos, ainda bem longe dos 51% que precisa para ganhar.




Tópicos relacionados

Política

Comentários

Comentar