BANCADA REVOLUCIONÁRIA

“Bolsonaro se divorcia da Lava Jato para abraçar Tofolli”, diz Diana Assunção

Diana Assunção: A Lava Jato foi só um impulso pra Bolsonaro entrar no poder e agora lhe convém abraçar outro tipo de autoritarismo judiciário: o STF, para juntos atacarem os trabalhadores.

quinta-feira 8 de outubro| Edição do dia

Ontem, 7, Bolsonaro afirmou que a Lava Jato não precisa mais existir. Com alinhamento do regime, o governo se sente mais blindado e junto com Congresso e Judiciário, para atacar os direitos da classe trabalhadora.

No palácio do planalto, Bolsonaro declarou que "não existe mais corrupção no governo". Não foram poucos os escândalos que estouraram no seu governo, a começar pelo seu clã familiar com enriquecimento meteórico, relação com as milícias e as famosas rachadinhas.

Contra a hipocrisia do presidente, Diana Assunção, que é candidata a vereadora em São Paulo, pela Bancada Revolucionária dos Trabalhadores, escreveu no twitter

Diana declarou ainda, que “Bolsonaro se divorcia da Lava Jato para abraçar Tofolli pois há alinhamento de todo o regime, incluindo os militares, o Congresso e o ST, que estão pactuadas em torno de uma pauta em comum: passar a conta dos capitalistas para a vida da classe trabalhadora."

Pode interessar: Diana Assunção diz: “No abraço de Bolsonaro e Toffoli estão todos os ataques aos trabalhadores”




Tópicos relacionados

Bancada Revolucionária de Trabalhadores   /    Governo Bolsonaro   /    Operação Lava-Jato   /    Jair Bolsonaro   /    STF   /    Operação Lava Jato

Comentários

Comentar