Política

Bolsonaro quebra protocolos sanitários em MG, enquanto Brasil atinge 56 mil mortos pela crise

O presidente junto aos ministros Tarcísio de Freitas e Fernando Azevedo viajaram para Araguari, em visita a um acampamento militar.

sábado 27 de junho| Edição do dia

Com o Brasil sendo o epicentro da crise do coronavírus, nosso presidente está mais preocupado em buscar apoio do exército na sua luta contra o STF, do que propriamente combater as mortes e o alastramento da Covid-19.

Sem máscara (para alegria de seu núcleo duro) Bolsonaro não apenas causa aglomerações sem respeito ao distanciamento social, como incita a reabertura do comércio, mesmo com o Brasil tendo superado as 56 mil mortes e mais de 1,2 milhões de contaminados.

Enquanto os profissionais da saúde estão na linha de frente contra o vírus sem EPIs, sem testes massivos, sem as proteções devidas. Enquanto a população negra e pobre é a que mais morre pelo vírus devido à precariedade do trabalho, Bolsonaro viaja pelo país pedindo que tudo volte ao “normal”. Pois, para o presidente, o lucro dos empresários vala mais que as nossas vidas!

E não para por aí! Não são apenas com palavras que Bolsonaro nos ataca. Seu negacionismo se materializa nas suas privatizações e todos seus ataques contra a classe trabalhadora, pois, para ele, o coronavírus é também uma oportunidade! Uma oportunidade de “passar a boiada” contra os trabalhadores, enquanto estão ocupados demais tentando não morrer pelo vírus ou pela fome!

Por isso que nós do MRT e Esquerda Diário defendemos a estatização dos hospitais sob controles dos trabalhadores! Defendemos que a produção deva ser urgentemente em vista de salvar as nossas vidas, produzindo testes, respiradores... e tudo o mais que seja necessário para pararmos de morrer por esse vírus!

Dizemos: as nossas vidas valem mais que o lucro deles! Basta de ataques contra os trabalhadores para salvar os lucros dos patrões, é a nossa classe que possui toda a riqueza! Impulsionamos uma nova constituinte para que possamos decidir sobre os rumos desse país que somos nós que construímos! Chega de produzir visando o lucro, produzir produtos que ficarão empilhados! Precisamos produzir o necessário para não sangrarmos mais!




Tópicos relacionados

Crise do Coronavírus   /    COVID-19   /    pandemia   /    Coronavírus   /    Governo Bolsonaro   /    Jair Bolsonaro   /    Minas Gerais   /    Política

Comentários

Comentar