Política

Bolsonaro põe culpa das queimadas em povos tradicionais em Conferencia da ONU

Bolsonaro discursou hoje, 21, na 75º Assembleia Geral da Nações Unidas

terça-feira 22 de setembro| Edição do dia

Foto: Reprodução

Em discurso nesta terça-feira, 22, na 75º Assembleia Geral da Nações Unidas, que está acontecendo de forma virtual, Bolsonaro discursou que as culpas das queimadas são culpa dos povos tradicionais.

Frente às queimadas recordes na Amazônia e no Pantanal, que tem a maior queimada em 50 anos, que cobre o céu de muitas cidades do país de fumaça, Bolsonaro colocou a responsabilidade dos incêndios nos povos tradicionais.

“Os incêndios acontecem praticamente, nos mesmos lugares, no entorno leste da Floresta, onde o caboclo e o índio queimam seus roçados em busca de sua sobrevivência, em áreas já desmatadas” disse Bolsonaro.

Veja também: Pantanal é incendiado para criação de área de pasto para agropecuária, mostra perícia

Bolsonaro ainda afirmou que o Brasil “ vítimas de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal” defendendo o agronegócio e a burguesia nacional.




Tópicos relacionados

PANTANAL    /    Governo Bolsonaro   /    ONU   /    Jair Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar