Política

BOLSONARO

Bolsonaro mantem comissionada fantasma em cidade onde não envia emendas

O deputado federal e provável candidato à presidência em 2018, Jair Bolsonaro, mantém uma funcionária comissionada na vila Histórica de Manbucaba em Angra dos Reis (RJ), onde também tem uma casa de veraneio há mais de 20 anos.

sexta-feira 19 de janeiro| Edição do dia

O curioso é que a funcionária, que também trabalha em um açaí que tem seu nome, é vizinha da casa de Bolsonaro e seu marido presta serviços frequentes na casa do parlamentar, sendo reconhecido pelos vizinhos como caseiro do imóvel. As informações são conforme a reportagem da Folha de São Paulo.

Bolsonaro disse em entrevista à Folha que ela cumpre o mesmo papel que todos os seus 15 funcionários comissionados, relatando problemas da região para seu chefe de gabinete, para que ele possa propor emendas na câmara, buscando solucionar esses problemas.

Porém, há mais de dez anos que a cidade não recebe nenhuma emenda do deputado e desde 2003, que mantém a empregada como servidora de seu gabinete, apresentou somente três emendas para Angra dos Reis, sendo a última em 2008.
Os deputados tem direito a até 25 emendas por ano que podem somar 15 milhões de reais à serem destinados aos municípios. Isso com o claro objetivo de comprar sua base eleitoral para as próximas eleições. Entretanto, fica evidente que esse não é o objetivo de Bolsonaro em Angra dos Reis, já que índice de votação do deputado na cidade é bem abaixo da média no estado do Rio de Janeiro.

Casos como esse são um pequeno dentre outros grandes exemplos de que Bolsonaro representa a velha logica corrupta, que estabelece qualquer tipo de relação oportunista com seu eleitorado. Haja vista a forma como ele enriqueceu e adquiriu inclusive terras com a política. Por outro lado, Lula tampouco tem sinalizado querer combater os ataques, pelo contrário, assim como Bolsonaro, defende uma Reforma da Previdência diferente da do Temer, ao mesmo tempo que acena buscando apoio da elite, dos empresários e dos golpistas.

Bolsonaro respondeu à Folha: "Ela faz o que todo comissionado faz. Qualquer problema na região ela entra em contato com o chefe de gabinete. [Relata] Uma carência da prefeitura, em que como parlamentar posso apresentar uma emenda", disse ele.




Tópicos relacionados

Eleições 2018   /    Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar