ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro é o segundo candidato a presidente mais rico

Em seu registro de chapa, Jair Bolsonaro (PSL) declarou possuir como patrimônio R$ 2,3 milhões. A declaração de bens faz do candidato o segundo mais rico entre os concorrentes a presidência.

terça-feira 14 de agosto| Edição do dia

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) solicitou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registro de sua chapa na corrida presidencial. Com isso foi obrigado a realizar sua declaração pública de bens, o candidato declarou R$2.286.779,48 em bens.

É mais de 5 vezes o valor que tinha em 2006, quando concorreu para deputado federal e declarou R$ 433.934,48. Em 2014, seu patrimônio declarado era de R$2.074.692,43. O candidato a vice em sua chapa, general Mourão, disse ter bens no valor de R$414.470,04.

A evolução do patrimônio do deputado e de toda sua família já havia sido alvo de especulações no começo do ano, quando uma reportagem da Folha divulgou que a família detinha 13 imóveis que somavam valor de R$ 15 milhões, sendo a maioria deles adquirido com valores bem abaixo do mercado.

Os concorrentes à Presidência da República têm até 4ª feira (15.ago.2018) para apresentar seus planos de governo. Dentre os candidatos que efetuaram o registro de candidatura, Bolsonaro é o segundo mais rico, atrás apenas de Jõao Amoêdo do Partido Novo com R$ 425 milhões.

  1. João Amoêdo (Novo): R$ 425 milhões
  2. Jair Bolsonaro (PSL): R$ 2,3 milhões
  3. Ciro Gomes (PDT): R$ 1,6 milhão
  4. Geraldo Alckmin (PSDB), R$ 1,3 milhão
  5. Vera Lúcia (PSTU): R$ 20 mil
  6. Guilherme Boulos (PSOL): R$ 15,4 mil
  7. Cabo Daciolo (Patriotas):já apresentou o registro, mas não há relação de bens

Nas eleições Bolsonaro vem se vendendo como um político antiestablishment, mas como vemos pela sua declaração de patrimônio, trata-se de um político profissional que acumula 27 anos no congresso, onde construiu sua fortuna - pra lá de questionável - usufruindo dos inúmeros privilégios dos políticos, como o auxílio moradia que acumulou durante anos, destilando ódio e votando contra os interesses dos trabalhadores.




Tópicos relacionados

Eleições 2018   /    Bolsonaro

Comentários

Comentar