Política

Bolsonaro defenderá Lava Jato em campanha

Consolidando seu pacto inegável com o golpismo , o candidato utilizará o pouco tempo de sua campanha para defender o “fortalecimento da Lava Jato”

sexta-feira 17 de agosto| Edição do dia

Em entrevista à coluna do Estadão, de Andreza Matais, Bolsonaro afirma que defenderá a Lava Jato em sua campanha.

Já era de se esperar. Assim como a mídia, sobretudo a Globo, o candidato faz questão de defender o “fortalecimento da Lava Jato”, e assim o fará em sua campanha no rádio e na TV, que tem um dos menores tempos: apenas nove segundos. Assim como boa parte dos golpistas, escolheu a segurança pública como mote e afirmou que começa hoje a gravar os vídeos, sem marqueteiro, de seu próprio celular, em seu apartamento no Rio. Segundo ele, três frases foram selecionadas e serão mencionadas: “Pelo fortalecimento da Lava Jato”, “Pela revogação do Estatuto do Desarmamento” e “Em defesa da família”, registra a coluna da Folha.

Ainda segundo a colunista Andreza Matais,Bolsonaro não pretende falar de saúde e educação nos programas. “É preciso ter uma marca para a campanha toda” e diz que não vai usar seu tempo de rádio e TV para criticar os oponentes — até porque, com 9 segundos, não dá para falar quase nada. “Mas estará de olho para pedir direito de resposta se for atacado”, informa a colunista.

No mesmo estado em que Marielle foi assassinada e que milhares de negros, trabalhadores e jovens são mortos pela polícia, Bolsonaro gravará seus vídeos do alto de seu apartamento, onde certamente não chega a violência e a brutalidade das forças armadas, que estão dizimando o povo pobre nas favelas.




Tópicos relacionados

Eleições 2018   /    Bolsonaro   /    PT   /    Operação Lava Jato   /    Política

Comentários

Comentar