Sociedade

BOLSONARISTAS DISPARAM CONTRA PANELAÇOS EM SP

Bolsonaristas atiram covardemente em prédios durante panelaço contra presidente

Dois prédios em Perdizes, bairro na zona oeste de São Paulo, foram atingidos por disparos durante panelaços nos dias 25 de março e 1 de abril. Autores não foram encontrados.

quinta-feira 9 de abril| Edição do dia

A truculência e a covardia dos núcleos duros de apoiadores de Jair Bolsonaro se mostraram mais uma vez por meio de absurdos ataques feitos a moradores de prédios que participavam dos “panelaços” que vem acontecendo recorrentemente contra o presidente durante a pandemia do Coronavírus.

Em pelo menos duas ocasiões diferentes, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, prédios foram alvejados por disparos feitos por armas de pressão durante os protestos. Segundo a apuração, os tiros foram dados nos dias 25 de março e 1 de abril, e ocorreram no bairro de Perdizes, região de residências de classe média e alta na zona oeste da capital paulista.

O sindíco de um dos prédios, contudo, declarou ao G1 que não é a primeira vez que acontecem fatos assim: “Não é a primeira vez que isso acontece. Fomos informados pela polícia que outra moradora já teve o apartamento atingido por cinco tiros, sendo, inclusive, atingida no braço. Esse tipo de intimidação é seríssima, um atentado contra à vida humana de qualquer um, independente de posição política”.

É mais um episódio que mostra os métodos covardes da extrema-direita que é a base dura de apoio a Bolsonaro.




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Extrema-direita   /    Sociedade

Comentários

Comentar