Política

RIO DE JANEIRO

Bolsonarista ferrenho, prefeito de Caxias é internado depois de ter dito que igrejas curam

sábado 11 de abril| Edição do dia

Mais conhecido por atrasar o salário dos servidores, ser truculento contra professores e por apoiar Bolsonaro, o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, foi internado neste sábado por orientação médica no Hospital Pró-Cardíaco em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

Leia também: Prefeito truculento e bolsonarista deixa professores sem salário em Duque de Caxias

Washington Reis estava em isolamento preventivo por suspeita de coronavírus, e já havia testado negativo para a covid-19, sendo mantido em observação. Duque de Caxias já tem 15 mortes, e 62 casos confirmados no dia de ontem (10). No entanto, com um prefeito negacionista que acabou com os serviços públicos da cidade, o número de casos pode ser muito maior pois não estão sendo feito testes.

Leia também: "Eles mereciam ter sido recebidos à bala", diz prefeito de Caxias sobre manifestação

Washington segue a linha bolsonarista. Pronunciou-se contra o isolamento quando o alto escalão da Igreja Universal tentou manter tudo funcionando igual. Em um vídeo, o prefeito afirmou: “Foi orientação, desde a primeira hora, manter as igrejas abertas porque a cura virá de lá, dos pés do senhor”. O resultado de seus novos exames deverá sair nessa segunda-feira.

Continue lendo: Fora Bolsonaro, Mourão e os militares. O povo tem que decidir. Por uma Assembleia Constituinte livre e soberana




Tópicos relacionados

Duque de Caxias   /    Coronavírus   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar