ELEIÇÕES 2018 - 2º TURNO

Bolsonarista diz que urna está fraudada e agride mesária em Belém

As tentativas dos apoiadores de Bolsonaro de continuar tentando fomentar a fake news das fraudes eleitorais continua no segundo turno: bolsonarista grava vídeo acusando fraude na urna eletrônica ao digitar 17 e aparecer voto nulo, porém, o eleitor está tentando votar para governador, e o número não existe no Estado do Pará.

domingo 28 de outubro| Edição do dia

As tentativas dos apoiadores de Bolsonaro de continuar tentando fomentar a fake news das fraudes eleitorais continua no segundo turno: bolsonarista grava vídeo acusando fraude na urna eletrônica ao digitar 17 e aparecer voto nulo, porém, o eleitor está tentando votar para governador, e o número não existe no Estado do Pará.

O bolsonarista começou a falar alto que a urna estava fraudada, afirmando estar tentando votar para presidente e a mesária foi empurrada pelo apoiador de bolsonaro após intervir dizendo que o eleitor era proibido de registrar voto.

Isso é mais uma demonstração de como o setor de extrema-direita que apoiam Jair Bolsonaro agridem opositores, se mostrando cada vez mais confiante com a expressiva intenção de voto no candidato do PSL. Bolsonaro, inclusive é m candidato que constantemente dá declarações que caminham na linha da atuação de uma parte de sua base que perseguem eleitores de Haddad, como por exemplo sua escandalosa declaração que irá "varrer os vermelhos", atacando diretamente todos os ativistas e militantes de esquerda.

Não podemos recuar diante do avanço da extrema-direita: é preciso se organizar em dezenas de milhares de comitês de luta pelo país, em cada local de trabalho e estudo, mobilizando trabalhadores, jovens, mulheres, negros e LGBTs, colocando a sua força nas ruas para derrotar Bolsonaro, o golpismo e as reformas.




Tópicos relacionados

Comitês contra Bolsonaro   /    Eleições 2018   /    Bolsonaro

Comentários

Comentar