Sociedade

Boitempo recebe ameaças por lançar livros infantis sobre marxismo

Boitempo recebe ligações com ameaças fascistas, após divulgar o lançamento de livros infantis sobre marxismo.

domingo 17 de dezembro de 2017| Edição do dia

Em seu Facebook, Ivana Jinkings, fundadora e diretora da Boitempo, relatou que após ter sido divulgado o lançamento de livros infantis sobre marxismo pela editora, receberam diversas ligações de ameaças e mensagens ofensivas pelo Facebook.

Na denúncia que a diretora da editora Boitempo publicou, ela retoma as perseguições sofridas pelo seu pai, através de cartas e telefonemas, ameaçando sua vida por sua orientação política. Ivana diz não se surpreender com o fascismo.

Os fascistas tem se movimentado para ameaçar militantes de esquerda e diversos setores oprimidos em muitos locais. Na Universidade de São Paulo, recentemente, um e-mail foi enviado para a secção de alunos, ameaçando disparar tiros para matar a maior quantidade de militantes de esquerda, mulheres, negros, homossexuais e transexuais.

Veja aqui: "Comunidade da USP é ameaçada por defensor integralista: "Eu já estou contando as balas"

Essas ameaças e discursos só evidenciam ainda mais o perfil daqueles que apoiam ideologias fascistas. O Esquerda Diário repudia tais ameaças e compõe a resistência contra esse discurso fascistas.




Tópicos relacionados

fascismo   /    Sociedade

Comentários

Comentar