Sociedade

APOLOGIA À TORTURA

Bloco de carnaval “Porão do DOPS” reivindica caça a comunistas e “marchinhas opressoras”

“Se você é anticomunista, não pode perder! Venham à caça, soldados!”, consta na descrição do bloco “Porão do DOPS 2018”, que reivindica no nome órgão repressor da ditadura e avisa que fará um bloco em que “haverá opressão”.

quarta-feira 10 de janeiro| Edição do dia

A Direita São Paulo soltou um evento em sua página convidando para a estreia de um suposto bloco de carnaval da direita, chamado “Porão do DOPS”. Segundo consta na descrição do evento, o bloco é destinado a todos os brasileiros “anticomunistas”.

DOPS (Delegacia de Ordem Política e Social) foi um órgão do governo brasileiro utilizado principalmente durante o Estado Novo e mais tarde na ditadura militar, responsável pela tortura e morte de milhares de pessoas.

Enquanto o prefeito Doria proíbe centenas de blocos de saírem nas ruas de São Paulo neste carnaval, numa política de negar à juventude pobre e aos trabalhadores acesso à cultura e lazer, blocos como este reivindicando órgão repressores da ditadura aparecem. No evento ainda consta que serão permitidas opressão e “machinhas opressoras”. Confira a descrição:

“Haverá:
- Ceveja
- Opressão
- Carne
- Opressão
- Marchinhas opressoras

Local à definir
Quando?
10/02 (sábado)
Que horário?
Das 14h00 às 20h00
Entrada: GRATUITA (paga o consumo)

Se você é anticomunista, não pode perder! Venham à caça, soldados."




Tópicos relacionados

Carnaval 2018   /    fascismo   /    comunismo   /    Sociedade

Comentários

Comentar