Sociedade

Biblioteca Mario de Andrade será ocupada contra fim do projeto 24h, que Dória quer impor

domingo 23 de abril de 2017| Edição do dia

Neste momento de tantos ataques à classe trabalhadora e a juventude brasileira pelo governo golpista de Temer, viemos aqui informar mais um deles, o corte do programa 24 horas da Biblioteca Mário de Andrade. A Gestão Dória, no dia 20 de Abril, anunciou que a Biblioteca Mário de Andrade deixará de funcionar 24 horas para funcionar apenas das 8h as 22h, além disso, o projeto prevê a demissão dos funcionários terceirizados e corte de verba. A justificativa é mais uma vez colocada como redução de gastos, assim como muitas das políticas recentes por toda cidade.

A Gestão Dória/Cosac (Charles Cosac, diretor da Biblioteca Mario de Andrade), não fez nenhum tipo de diálogo com a população antes de anunciar a redução do tempo de funcionamento da biblioteca, mostrando mais uma vez sua política privatista.
A Biblioteca Mario de Andrade auxilia a juventude e os trabalhadores a terem acesso a educação e cultura durante todo o tempo, reduzir o horário de funcionamento é restringir esse acesso a população, principalmente que trabalha durante o dia e que depende desse espaço que ajuda nos estudos, formação cultural e convivência.

A partir de desse ataque da Gestão Dória, a Ocupa BMA ( Biblioteca Mario de Andrade) que é um movimento pacífico que demanda urgentemente a retomada do espaço público de cultura e educação da biblioteca, está convocando todxs a ocupar pacificamente a Biblioteca Mario de Andrade às 20 horas na segunda-feira, dia 24/04 para reivindicar o retorno do projeto BMA 24 Hrs.

Segue o link da página da ocupa: https://www.facebook.com/ocupabma.cosac.3?fref=ts
E do evento da ocupação: https://www.facebook.com/events/1266591640103002/




Tópicos relacionados

João Doria   /    Ocupações   /    Sociedade   /    São Paulo (capital)   /    Juventude

Comentários

Comentar