PUC-RIO

Bandejão da PUC-RIO aumenta para R$ 10 reais e é um dos mais caros do país

O já abusivo preço de R$ 8 passou para R$ 10 reais. Cabe a nós, estudantes, nos mobilizarmos contra esse aumento absurdo que penaliza justamente quem já é marginalizado do ambiente opressor da elitista PUC-RIO.

sexta-feira 2 de março| Edição do dia

O já abusivo preço de R$ 8 reais para os alunos da PUC-RIO aumentou, se tornando um dos mais caros do país, agora o aluno que quiser comer no bandejão terá que pagar R$ 10 reais. Essa quantia é inviável para qualquer estudante bolsista e periférico, mesmo para aqueles que tem o ticket alimentação, pois muitas vezes ele não dura até o fim do mês e o aluno tem que retirar do seu próprio bolso. Os funcionários continuarão pagando o abusivo preço de R$16,50 e, agora, os visitantes pagarão R$ 25,00.

Em comparação, o Bandejão da UERJ custa R$ 2,00 para cotistas e R$ 3,00 para não-cotistas, o da UFF são R$ 0,70 e o da UFRJ, R$ 2,00. O bandejão da PUC-RIO é terceirizado para uma empresa multi-nacional, a Sodexo. Os termos do contrato entre as 2 partes não é divulgado para nós, alunos, que ficamos reféns de um restaurante universitário altamente restritivo a base do emprego de mão-de-obra terceirizada precarizada, em benefício único de uma empresa gananciosa.

Diante dessa situação, cabe a nós, alunos, defendermos a abertura de livro de contas do contrato da PUC-RIO com a Sodexo, a efetivação imediata dos terceirizados com todos os direitos garantidos e a diminuição imediata do preço do bandejão.




Tópicos relacionados

PUC-RIO   /    Universidades Privadas   /    Privatização

Comentários

Comentar