Mundo Operário

#30J

Bancários em SP farão assembleia para organizar a greve geral

A assembleia será na próxima segunda-feira, dia 26, às 19h, na Quadra dos Bancários (R. Tabatinguera, 192 – Centro) e terá como pauta a adesão dos bancários à Greve Geral do dia 30/06, segundo a Folha Bancária publicada hoje.

quinta-feira 22 de junho| Edição do dia

É fundamental que cada bancário reconheça e faça valer o peso estratégico que a categoria tem na organização da luta contra as reformas do golpista Temer. Comparecer em peso a essa assembleia significa dar passos firmes e decididos contra os ataques que ameaçam tanto o nosso presente, com mais precarização, terceirização, jornadas extenuantes, como o nosso futuro, com as ameaças à aposentadoria.

Passou da hora do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco chamar assembleia para que os bancários possam se organizar e se incorporar organizadamente nessa batalha.

Para o histórico dia 28 de abril, o que vimos foi uma verdadeira farsa quando a direção do sindicato de SP (dirigido pela Articulação/CUT) chamou de assembleia por local de trabalho o fato dos bancários preencherem uma cédula de consulta sobre a greve geral.

Com isso deixaram no ar qualquer respaldo mais concreto do próprio sindicato e, não bastasse, alguns diretores do sindicato ainda ficaram sabotando a greve por baixo, espalhando que a adesão seria uma decisão individual. Isso acabou contribuindo para deixar o caminho aberto para a Caixa punir com o corte do ponto muitos funcionários que bancaram a luta e paralisaram no dia 28 de abril. O que pode fazer a Caixa retroceder na punição e ao mesmo tempo avançarmos contra as sérias ameaças aos nossos direitos é bancar e organizar uma paralisação ainda mais forte no dia 30 de junho.

A todos os bancários, é fundamental tomar essa greve geral em nossas mãos. Somente os trabalhadores podem dar uma saída para essa crise que não seja colocar ainda mais milhões na miséria, e a participação dos bancários pode contribuir para incentivar outros setores a aderirem. Não deixemos mais uma vez a direção pelega do sindicato desviar e trair a greve geral do dia 30/06, que pode e deve ser maior.

Só assim para darmos o pontapé final no já cambaleante Temer e em suas reformas.




Tópicos relacionados

Nossas vidas valem mais que o lucro deles   /    #30J   /    Bancários   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar