Mundo Operário

12 DE MAIO - DIA DE LUTA DA SAÚDE

Bancários da Caixa prestam seu apoio a luta das trabalhadoras e trabalhadores da saúde

Somos bancários da Caixa que também estamos na linha de frente no atendimento à população pagando o auxilio emergencial, prestamos toda nossa solidariedade as trabalhadoras e trabalhadores da saúde nesse dia 12 de maio, dia internacional da enfermagem.

terça-feira 12 de maio| Edição do dia

Temos acompanhado a difícil situação das trabalhadoras e trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia, lutando não apenas para salvar a vida de milhares de pessoas, mas também contra as condições precárias de trabalho impostas como a falta de equipamentos de proteção individual, máscaras, álcool gel, falta de testes e de estrutura nos hospitais para garantir leitos e respiradores para todos os doentes, isso sem contar a jornada exaustiva que estes trabalhadores têm enfrentado diante do ritmo de trabalho intenso e muitas vezes sem poder sequer estar juntos de seus familiares tentando evitar a contaminação de quem mais amam.

Nós bancários da Caixa estamos também na linha de frente do atendimento da população que tem enfrentado enormes filas para sacar o insuficiente, porém necessário auxilio emergencial de R$ 600,00, isso quando conseguem sacar já que ainda existem milhões de brasileiros esperando para receber seu dinheiro, um completo descaso do governo diante da situação precária e urgente dos brasileiros.

Entendemos que neste dia 12 de maio, dia internacional da enfermagem, é necessário prestar toda nossa solidariedade e homenagem as trabalhadoras e trabalhadores da saúde que mesmo diante das precárias condições de trabalho tem demonstrado como a classe trabalhadora move o mundo, e é a única que pode lutar por melhores condições garantindo todos os insumos necessários para o combate a pandemia, mas também lutando por contratações que desafoguem a exaustiva jornada de trabalho, garantam o afastamento dos trabalhadores em grupo de risco e contra a flexibilização dos direitos trabalhistas e as demissões.

Trabalhadores da saúde estamos com vocês!

#LuteComoUmaEnfermeira




Comentários

Comentar