Sociedade

IPTU

Aumento absurdo que chega a ultrapassar 2.000% no IPTU em 2018 revolta população

sexta-feira 26 de janeiro| Edição do dia

O aumento que afetou várias cidades do país e que em alguns casos chegou a passar de 2.000% indignou moradores no Brasil afora. A reportagem do Jornal Nacional mostrou casos como de William, que está desempregado, que pagava ano passado o valor de R$135 e nesse ano de 2018 aumentou para R$3.527, sendo o aumento de 2.512%.

O caso de Dona Maria, vizinha de William, também não é diferente, que em 2017, pagava o mesmo valor de William, porém o aumento que recebeu foi de 20% pagando agora o valor de R$162, sendo que ela e Willian moram na mesma área edificada, valor venal e mesma idade dos imóveis.

William que esta desempregado ficou revoltado com o valor, pois não há nem a possibilidade de quitar a quantia, correndo o risco de perder o imóvel.

Em Campinas moradores reclamam de aumento acima de 30% em São Gonçalo, Rio de Janeiro, e em outras cidades a situação se repete.

Os políticos das prefeituras respondem já querendo se isentar de culpa, dizendo que o aumento se dá por ter ficado 20 anos sem aumento no IPTU, jogando toda a crise e responsabilidade em cima da população que enfrenta o desemprego e se desespera em meio a todos esses ataques.

Enquanto o estado burguês aumenta a precarização da vida da população, é preciso nos organizar para barrar esses ataques, como os argentinos que lutaram contra a reforma trabalhista,. Este é então mais um dos ataques que o governo quer deferir sobre os trabalhadores, junto a reforma da previdência e trabalhista. Que as centrais sindicais chamem uma greve geral organizado pela base dos trabalhadores, para barrar o combo de ataques dos patrões!

LEIA TAMBÉM Centrais vão esperar Temer aprovar reforma da previdência pra chamar greve geral?




Tópicos relacionados

Sociedade   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar