Sociedade

SÃO PAULO

Ato pela liberdade de Rafael Braga reúne centenas em São Paulo

Nessa quinta a noite ocorreu em São Paulo ato pela liberdade imediata de Rafael Braga, que reuniu cerca de 200 pessoas na Praça da Sé.

sexta-feira 5 de maio| Edição do dia

A manifestação foi marcada de forma conjunta com o Comitê pela Liberdade de Rafael Braga e também aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, em frente ao Tribunal de Justiça.

Rafael Braga foi preso pela primeira vez no dia 20 de junho de 2013, quando mais de 1 milhão de manifestantes protestavam no Rio de Janeiro. Rafael acabou preso na Lapa por portar uma garrafa de Pinho Sol, que utilizava para limpar carros como forma de sustentar ele e sua família. Para os policiais civis que o detiveram, a garrafa de Pinho Sol era um coquetel Molotov.

Para saber mais sobre o caso: Rafael Braga, negro, portador de pinho-sol condenado a 11 anos pela “justiça” racista

A polícia tentou impedir que a manifestação acontecesse provocando um "empurra-empurra" que durou por aproximadamente 30 minutos. A praça foi cercada pela polícia de forma desproporcional a quantidade de presentes no ato, e a todo momento com provocações aos manifestantes, querendo mostrar que os negros e negras desse país não podem se manifestar. Porém os negras e negras mostraram que não se calarão e não aceitarão mais arbitrariedade e violência policial, que assassina e encarcera a juventude negra em massa.

Veja imagens da manifestação em São Paulo abaixo:




Tópicos relacionados

Sociedade   /    Negr@s

Comentários

Comentar