Política

DEFESA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA USP

Ato exige que USP use verba de R$48 mi para contratação para o Hospital Universitário

Trabalhadores, moradores do Butantã e estudantes fazem passeata exigindo que verba de R$ 48 milhões conquistada seja aplicada na contratação via USP de funcionários para o Hospital Universitário.

terça-feira 8 de maio| Edição do dia

Foi realizado hoje no Butantã um ato em defesa do Hospital Universitário da USP, composto por moradores da região, trabalhadores e estudantes. O ato caminhou pela avenida Vital Brasil, uma das avenidas principais de acesso ao metrô butantã, com cartazes e faixas reivindicando que a verba conquistada fosse aplicada na contratação de funcionários para a reestruturação do Hospital.

A verba está parada pela Reitoria, que alega que o destino oficial da verba não veio especificamente designada para a contratação de funcionários. Esse argumento falacioso, já que nada implica que a contratação não seja feita, é apenas uma maneira de continuar com os ataques de Zago, ex-reitor, aos trabalhadores, estudantes e usuários do Hospital.

Hospital referência para a população dos entornos da USP, o HU por ser um hospital-escola converge em si o real papel que a universidade deveria cumprir: estar à serviço dos trabalhadores e da população. Entretanto, desde 2014, o HU vem sendo atacado, como forma de sucateamento para justificar o repasse do Hospital para outras entidades gerirem.

As mobilizações, que envolvem os três setores, é muito importante, para garantir que a verba seja aplicada para a contratação de trabalhadores para o hospital, e para além disso, que essa contratação não seja por contratos precarizados, e sim, via concurso da USP.

Além disso, nos dias 9 e 10 de maio, será organizado no Hospital Universitário um simpósio para debater os Hospitais-universitários, sua importância e a defesa do HU-USP. Veja o link do evento aqui.

Veja as fotos do ato:




Tópicos relacionados

Hospital Univeristário da USP   /    SINTUSP   /    USP   /    Política

Comentários

Comentar