31M

Ato em Hortolândia reúne cerca de 800 pessoas

No dia nacional de paralisação, o 31M, a cidade de hortolândia também teve ato contra os ataques e as reformas de Temer golpista.

sábado 1º de abril de 2017| Edição do dia

Seguindo a paralisação nacional contra a reforma da previdência, a reforma trabalhista e os demais ataques do governo golpista, aconteceu ato em Hortolândia com forte presença de servidores públicos municipais, professores da rede estadual, trabalhadores da saúde, do IFSP (Instituto Federal de São Paulo), além de estudantes.

O ato se concentrou na prefeitura às 8 horas da manhã, seguiu pelo centro e voltou para a prefeitura. Contando com bastante apoio popular, o ato dialogou com a população no sentido de mostrar os ataques de Temer, como a terceirização e o aumento da precarização do trabalho.




Tópicos relacionados

31M dia nacional de paralisação   /    Campinas

Comentários

Comentar