GREVE PROFESSORES RS

Ato em Caxias do Sul unifica professores, trabalhadores dos Correios e estudantes

No final da tarde desta quarta-feira (27) os professores e os estudantes que enfrentam o parcelamento de Sartori fizeram ato unificado com os grevistas dos Correios que lutam contra o Temer, do mesmo PMDB do governador.

quarta-feira 27 de setembro| Edição do dia

A manifestação unificada iniciou na rodovia BR-116 em frente ao Monumento do Imigrante e caminhou até a Universidade de Caxias do Sul (UCS). Para Diego Nunes, professor do estado, “essa manifestação é um pequeno exemplo do rumo que a nossa greve deve tomar, unificar com os Correios em greve, unificar com todos os setores que se mobilizam como, por exemplo, os municipários e os trabalhadores da Carris que enfrentam o mesmo tipo de medidas em Porto Alegre”.

Veja mais: Transformar a greve dos professores do RS em uma grande causa popular

A greve dos professores já dura 22 dias contra o parcelamento dos salários. Em Caxias, segundo os dados da própria 4ª CRE (Coordenadoria Regional de Educação), 38 escolas estão em greve total ou parcial, de um total de 55. Já os Correios estão em greve desde o dia 22 de setembro, contra uma série de ataques aos seus direitos que o governo Temer está implementando.

Nesta sexta-feira os professores farão assembleia no Gigantinho em Porto Alegre, e seguirão para o ato estadual unificado de todo o funcionalismo público contra Sartori, com concentração no Largo Glênio Peres.

Pode te interessar: O comando de greve e o CPERS devem chamar um grande ato para a tarde do dia 29




Tópicos relacionados

Sartori   /    Greve Professores RS   /    Caxias do Sul   /    Greve dos correios

Comentários

Comentar