LUTADORES AMEAÇAM MANIFESTANTES

Atletas do Jiu Jitsu ameaçam manifestantes antiracistas e antifascistas

domingo 7 de junho| Edição do dia

Um grupo de lutadores profissionais de MMA está se organizando nas redes social para ir nos atos de hoje para bater nos manifestantes. O grupo é amplo e é formado por atletas, ex-atletas, treinadores e praticantes de artes marciais que usam as redes sociais externalizar seu ódio contra a esquerda, os movimentos sociais e o povo negro. Dizem que querem enfiar a porrada em manifestantes apontados como antifascistas, se colocando como defensores dos mais fracos inventam fake news para justificar suas atitudes.

É o caso do atleta André Chatuba que lançou uma Fake News numa rede social para espalhar a mentira que antifascistas “agrediram idosos e mulheres” nos atos da semana passada.



André recebe o apoio do treinador da equipe Renovação Fight Team (RFT), Felipe Borges e Tales Silva, ex-companheiro de Anderson Silva nos treinos.

Chatuba já foi acusado de agredir uma namorada grávida em 2012, troca mensagens com Mauro Ribeiro de Paiva, integrante da Torcida Fúria Jovem Botafogo e com passagens por homicídio e tentativa de homicídio. Na conversa, André Chatuba lamenta que os manifestantes não tenham sido alvejados com disparos por arma de fogo.


Outro ponta de lança dessas ameaças reacionárias é Renzo Gracie. Bolsonarista convicto, já ameaça direta ou indiretamente quem é contra Bolsonaro há um bom tempo.

Wanderlei Silva, que liderou na última terça-feira, em Curitiba, uma manifestação contrária ao movimento antifascista, e Paulo Borrachinha, amigo da família Bolsonaro são dois dos maiores expoentes desse movimento que quer massacrar quem ousa se manifestar contra o presidente e pelas vidas negras.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais dois pitboys da família Bolsonaro ameaçam os manifestantes com palavras como “estaremos prontos para qualquer coisa” e “nunca se mexe com um cidadão de bem”.

Com informações do Blog do Noblat




Tópicos relacionados

bolsonarismo   /    Racismo   /    Racismo

Comentários

Comentar