Educação

CORRUPÇÃO NA EDUCAÇÃO

Átila e Gaspar de Mauá são acusados de lavagem de dinheiro da educação

Prefeito de Mauá Atila Jacomussi e Secretário do governo da cidade são detidos em flagrante sob a suspeita de lavagem de dinheiro.

Thiagão Barros

morador de Mauá, no ABC paulista

sábado 12 de maio| Edição do dia

Atila Jacomussi (PSB) prefeito da cidade de Mauá foi detido pela polícia federal que encontrou R$87 mil não declarados em sua residência, o mesmo aconteceu com João Gaspar (PCdoB) que foi detido também em sua residência com a exorbitante quantia de R$ 588,4 mil. Os dois foram encaminhados para a sede da PF (Polícia Federal) no bairro da Lapa, zona oeste de São Paulo. A decisão pela liberdade dos dois agentes políticos depende agora do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região).

As detenções fazem parte da operação Prato Feito da PF que apurou durante três anos fraudes na apurou fraude nas licitações do fornecimento de merenda escolar, uniforme, material e até limpeza de escolas públicas municipais no Estado de São Paulo.

Neste caso a suspeita é que eles recebiam propina para fraudar a licitação de merenda escolar do município.

A operação tem o objetivo de apurar essas licitações pois “Ao todo, o valor desses contratos movimentou mais de R$ 1,6 bilhão. Há suspeita de envolvimento de 85 pessoas, entre elas 13 prefeitos, quatro ex-prefeitos, 27 funcionários públicos, um vereador e 29 empresas”, disse o delegado Marcelo Ivo de Carvalho.

Segundo áudios captados na investigação o empresários sugeriram a substituição de carne por ovo e que diluíssem o leite servido às crianças.

Essa é a prova de que os governos não priorizam a educação, tratam com descaso e roubam verba pública, a verba de nossas crianças. Todos os partidos estão unificados para atacar a educação, que vem sofrendo com fechamento de salas, precarização do ensino, falta de professores, infla estrutura e merenda.

A falta de dinheiro para investimento é a mais pura mentira, pois o que falta mesmo é comprometimento, não podemos acreditar em nenhum partido da ordem. Os governos ganham milhões de salários além de vários benefícios, os políticos deveriam receber o salário de um professor é um professor o mínimo exigido pelo DIEESE.

Não podemos ter ilusão na justiça que é seletiva e tem classe, não atende os interesses da classe trabalhadora é punida políticos como Cunha a ficar preso e sua mansão regado a churrascada e festas.

Átila e João Gaspar devem explicação a população e a juventude que tem seu direito usurpado então milhões de reais são escondidos em suas casas. Devem devolver o dinheiro para ser destinado a educação.

É necessário por de pé uma educação pública, gratuita, a serviço dos trabalhadores e controlada pelos estudantes, professores e funcionários.




Tópicos relacionados

Educação   /    Corrupção   /    ABC paulista   /    Política

Comentários

Comentar