TEATRO

Assista: Liberdade em Cena - Peça Rasga Coração de Oduvaldo Vianna Filho

O projeto Liberdade em Cena foi concebido pelo Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura - grupo de pesquisadores vinculados à Escola de Comunicações e Artes da USP - em parceria com o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo.

quarta-feira 6 de fevereiro| Edição do dia

Peça Rasga Coração

Programa:

Diretor, atores e atrizes fazem a leitura de um texto teatral, especialistas e o público debatem esse texto buscando fomentar pesquisas e estudos sobre a história do teatro brasileiro.

“Rasga Coração” de Oduvaldo Vianna Filho.

Mergulho analítico na consciência histórica de três gerações sucessivas, “Rasga Coração” coloca em foco os desafios enfrentados por Custódio Manhães, militante do PCB e funcionário público sugestivamente apelidado de Manguari Pistolão, na tentativa de despertar Luca, seu filho hippie de 17 anos, para a militância.

A partir desse cerne dramático, a peça desdobra vários planos espaço-temporais com situações e ações representativas de momentos histórico-políticos do passado, partindo da Revolta da Vacina, de 1904, passando pelo Tenentismo, pela industrialização do país sob o governo Vargas, pela chamada Intentona Comunista de 1935, pela Campanha pela Petrobras, no início dos anos 1950, e pela ditadura militar, estendendo-se até o presente dramático, situado no início da década de 1970. Algumas vezes esses desdobramentos decorrem do fluxo de memória de Manguari.

Em outros casos, cenas do passado irrompem intercaladas as do presente ou eclodem em plano simultâneo a ele, abordando por contraste ou por analogia, e muitas vezes por meio de canções, marchinhas carnavalescas, hinos e paródias, o sentido histórico das experiências vivenciadas dentro das lutas políticas da esquerda no país.

Direção Geral: Roberto Ascar.

Elenco: Adriana Dham, Carlos Palma, Lia Benacon, Oswaldo Mendes, Pedro Bonilha, Pedro Paulo Vicentini, Rodrigo Mercadante, Tin Urbinatti, Agenor Bevilacqua Sobrinho.

Músicos: Jean Garfunkel, Pratinha Saraiva, Betinho Sodré.

Sonoplastia: Ana Melquiades.

Direção Musical: Jean Garfunkel.

Coordenação de Dramaturgia: Renata Pallottini.

Coordenação Geral: Maria Cristina Castilho Costa.

Debatedores: Maria Silvia Betti e Maria Cristina Castilho Costa.

Próximas Leituras:
13/04/2019 – DOIS PERDIDOS EM UMA NOITE SUJA (Plínio Marcos)
08/06/2019 – FALA BAIXO SENÃO EU GRITO (Leilah Assunção)

(Arte: Walter Cruz)

/02/2019 a 09/02/2019

Dia e Horário
Sábado 09 de fevereiro de 2019, 14h30 às 17h30.

Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local
Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.




Tópicos relacionados

arte urbana   /    Maloca Arte e Cultura   /    cultura   /    Arte   /    Agenda Cultural

Comentários

Comentar