UFMG

Assembleia Geral dos estudantes da UFMG para discutir conjuntura nacional acontecerá nessa quinta

Depois de quase um ano sem assembleias gerais dos estudantes da UFMG, acontecerá nessa quinta, 10, às 17:30, na Arena da FAFICH, a assembleia com o tema “debater e construir ações contra os retrocessos na educação”. A convocação é feita por Diretórios e Centros Acadêmicos da UFMG. O DCE – Gestão MUDA não faz parte da convocação.

Maria Eliza

Estudante de Ciências Biológicas na UFMG

quarta-feira 9 de maio| Edição do dia

A assembleia, que vai discutir conjuntura nacional, é a primeira a acontecer desde que a Gestão MUDA assumiu a direção do DCE, e foi proposta pelo conselho de D.A.s e C.A.s da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (COCADA – FAFICH) a partir de uma carta, atualmente assinada por grande parte das entidades estudantis da UFMG, além da União Estadual de Estudantes de Minas Gerais e da União Nacional dos Estudantes.

A carta convocatória expõe as razões pelas quais os estudantes da UFMG não podemos estar desligados das lutas contra os ataques que vem sendo implementados desde 2016, a começar pela aprovação da PEC 55 Temer, contra a qual ocupamos 19 prédios da UFMG. Os acontecimentos de 2018, tanto a nível nacional – como o assassinato da vereadora pelo PSOL carioca Marielle Franco e os avanços autoritários do judiciário com a prisão arbitrária de Lula – quanto a nível estadual – como as greves na educação mineira e as respectivas respostas repressivas de Pimentel (PT) e Kalil (PHS) – mostram a urgência de o movimento estudantil voltar a “falar de política”e dos estudantes se aliarem aos trabalhadores nas lutas contra as investidas reacionárias da burguesia e seus representantes, que se configuram em ataques sem precedentes à educação e a tantos outros direitos elementares que estão longe de serem garantidos em tempos de crise econômica, política e social.

E para construir um movimento estudantil combativo e aliado aos trabalhadores na UFMG as entidades de base, a começar pelo DCE, têm um papel fundamental. Como viemos debatendo aqui: DCE UFMG tem que convocar assembleia para estudantes se posicionarem sobre prisão de Lula e aqui: Mais um suicídio na UFMG: o que isso nos mostra sobre a universidade, assembleias e reuniões precisam ser convocadas e construídas, para discutir desde os problemas estudantis e da estrutura universitária até os fatos nacionais, que não se separam da vida dos estudantes da UFMG.

Essa assembleia é um passo importante, que reivindicamos, e é essencial que seja construída pelas entidades de base dos estudantes e pelas correntes políticas e movimentos sociais presentes na UFMG. O Esquerda Diário se coloca a serviço dessa construção.




Tópicos relacionados

UFMG   /    Minas Gerais   /    Movimento Estudantil

Comentários

Comentar